PORTUCÁLIA

Agosto 24 2013

A Associação Médica Brasileira (AMB) entrou nesta sexta, 23, com uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (Adin) para tentar suspender o programa Mais Médicos

Lisandra ParaguassuLuciano Bottini FilhoMariângela Gallucci e Victor Vieira, do 

Mario Tama/ Getty Images

Médicos Cubanos trabalham em clínica na Venezuela

 

Médicos cubanos: após uma série de críticas, o Ministério da Saúde informou que, apesar de trabalharem no Brasil, os cubanos estarão sujeitos às leis trabalhistas do seu país

 

Brasília - A Associação Médica Brasileira (AMB) entrou ontem, 23, com uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (Adin) para tentar suspender o programa Mais Médicos. A intenção da categoria foi adiantada pela coluna Direto da Fonte. O governo federal não se pronunciou ontem sobre a Adin, mas o Ministério da Saúde teve de vir a público para explicar que os médicos cubanos trazidos por convênio seguirão a lei e a ética brasileiras e os acertos trabalhistas de Cuba.

No texto enviado ao Supremo Tribunal Federal (STF), com apoio do Conselho Federal de Medicina (CFM), o advogado da AMB, Carlos Michaelis Jr, pontua que o Mais Médicos é inconstitucional por ser adotado por medida provisória - manobra "político-eleitoral para impor algo inócuo e populista" - e por dispensar de revalidação do diploma profissionais graduados no exterior, o que "põe a população em risco".

Na mesma Adin, Michaelis Jr. contesta a falta de exigência de proficiência na língua e diz que, se aprovado, o Mais Médicos criará duas medicinas no País, uma de livre exercício e outra "de escravidão moderna". "A primeira terá os que poderão exercer a profissão livremente em todo o território nacional. A segunda é composta pelos médicos intercambistas, que terão seu exercício profissional limitado, com qualidade duvidosa para atender a população."

A nova disputa entre a classe médica e o governo chega ao STF antes mesmo de passar pelo Congresso. A ideia é barrar o programa agora, desde o início, uma vez que ontem já começaram a chegar os primeiros interessados do exterior (mais informações abaixo). Além disso, neste fim de semana chegam ao País os primeiros dos 4 mil cubanos que atenderão cidades não requisitadas na primeira fase do Mais Médicos.

Leis

Após uma série de críticas da oposição, de entidades médicas e do Ministério Público, ontem o Ministério da Saúde informou que, apesar de trabalharem no Brasil, os cubanos estarão sujeitos às leis trabalhistas do seu país de origem.

De acordo com o ministro Alexandre Padilha, seguirão as normas éticas e os códigos penais e civis brasileiros, mas apenas isso. "Essa regra é da Organização Mundial de Saúde", disse, ao recepcionar no Aeroporto de Brasília o primeiro grupo de médicos estrangeiros. Ele ressaltou que convênios de Cuba com mais de 50 países já seguem essa determinação.

publicado por portucalia às 17:00

Agosto 22 2013

400 médicos cubanos chegam ao Brasil nesta segunda feira, no vídeo o Ministro da Saúde comenta o acordo.

22.08.2013

 

O Ministério da Saúde anunciou nesta quarta-feira (21) a chegada de 400 médicos cubanos.

Em uma cooperação com a Organização Pan-Americana da Saúde (Opas) para atrair profissionais estrangeiros ao Brasil dentro do programa Mais Médicos. Cerca de 4 mil médicos cubanos serão enviados para atender as vagas que não foram escolhidas por brasileiros e estrangeiros na seleção individual. Na primeira etapa da parceria, está prevista a vinda de 400 médicos.

Os 400 primeiros médicos cubanos chegarão ao Brasil nesta segunda (26) conforme acordo firmado entre a presidência da republica e o governo cubano.

O Brasil repassará a cada médico o valor de R$ 10 mil por mês, mais até R$ 30 mil de custos de mudança, a grande questão está no fato que os médicos verão apenas uma pequena parte do dinheiro, que na sua maioria será entregue a Cuba.

O total de médicos previsto é de quatro mil profissionais de saúde cubanos para suprir parte das vagas do Programa Mais Médicos, os quais serão colocados nas 701 cidades excluídas como opção por médicos brasileiros inscritos no programa.

publicado por portucalia às 23:53

PORTUCÁLIA é um blog que demonstra para os nossos irmãos portugueses como o governo brasileiro é corrupto. Não se iludam com o sr. Lula.Textos literários e até poesia serão buscados em vários autores.
mais sobre mim
Outubro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


pesquisar
 
blogs SAPO