PORTUCÁLIA

Fevereiro 10 2012

1853 – OURO PRETO -Morre Maria Dorotéia Joaquina de Seixas, a Marília de Dirceu, ‘’heroína brasileira do amor platônico’’, cantada por Tomás Antônio Gonzaga, inconfidente mineiro desterrado para Moçambique. Dorotéia, ainda que formosa, ficou solteira a vida toda.  A obra de Gonzaga é muito bela e toda ela inspirada por Marília.  Para ilustrar a beleza de suas Liras leia  a que vai a seguir :

 

 

Lira XXX


 

Junto a uma clara fonte

 

A mãe de Amor s assentou,

 

Encostou na mão o rosto,

 

No leve sono pegou.

 

Cupido, que a viu de longe,

 

Contente ao lugar correu;

 

Cuidando que era Marília

 

Na face um beijo lhe deu.

 

Acorda Vênus irada:

 

Amor a conhece; e então

 

Da ousadia, que teve,

 

Assim lhe pede o perdão:

 

"Foi fácil, ó Mãe formosa,

 

"Foi fácil o engano meu;

 

"Que o semblante de Marília

 

"É todo o semblante teu."

 

 

guir.  

 

 

 

 

 

 

publicado por portucalia às 23:15

PORTUCÁLIA é um blog que demonstra para os nossos irmãos portugueses como o governo brasileiro é corrupto. Não se iludam com o sr. Lula.Textos literários e até poesia serão buscados em vários autores.
mais sobre mim
Fevereiro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11



27


pesquisar
 
blogs SAPO