PORTUCÁLIA

Julho 13 2013

EVANGELHO QUOTIDIANO

"Senhor, a quem iremos? Tu tens palavras de vida eterna". João 6, 68


Sabado, dia 13 de Julho de 2013

Sábado da 14ª semana do Tempo Comum


Santo do dia : Santa Teresa de Jesus dos Andes, virgem, +1920Santos Henrique II, imperador (+1024) e Cunegundes, sua esposa (+1033) 

Ver comentário em baixo, ou carregando aqui 
Carta da igreja de Esmirna sobre o mártir São Policarpo : «Não temais os que matam o corpo e não podem matar a alma.» 

Livro de Génesis 49,29-32.50,15-26a.

Naqueles dias, Jacob deu aos seus filhos esta ordem: «Eu vou reunir-me à minha gente. Sepultai-me junto dos meus pais, na gruta que está no campo de Efron, o hitita, 
no jazigo que está no território de Macpela, diante de Mambré, no país de Canaã, terra que Abraão comprou a Efron, o hitita, para propriedade sepulcral. 
Ali foram enterrados Abraão e Sara, sua esposa; foram lá enterrados também Isaac e Rebeca, sua esposa, e ali enterrei Lia. 
A compra dessa terra e do jazigo que ali se encontra foi feita no país dos hititas.» 
Ora os irmãos de José, depois da morte de seu pai, disseram uns aos outros: «E se José nos guarda rancor? Se vai vingar-se de todo o mal que lhe fizemos sofrer?» 
Mandaram então dizer a José o seguinte: «Teu pai ordenou-nos antes da sua morte: 
‘Falai assim a José: Perdoa, por favor, a ofensa dos teus irmãos, a sua falta e o mal que te fizeram! Perdoa, pois, o seu erro, aos servos do Deus do teu pai!’» E José chorou quando lhe falaram assim. 
Depois os seus irmãos vieram e caíram aos seus pés, dizendo: «Estamos prontos a tornar-nos teus escravos.» 
José respondeu-lhes: «Não temais; estou eu no lugar de Deus? 
Premeditastes contra mim o mal. Mas Deus aproveitou-o para o bem, a fim de que acontecesse o que hoje aconteceu, e um povo numeroso foi salvo. 
Nada receeis, então! Eu cuidarei de vós e das vossas famílias.» E assim tranquilizou-os e falou-lhes ao coração. 
José residiu no Egipto, com a sua família e a de seu pai, e viveu cento e dez anos. 
Viu os filhos de Efraim até à terceira geração; e os filhos de Maquir, filho de Manassés, nasceram sobre os seus joelhos. 
José disse aos seus irmãos: «Vou morrer! Mas Deus visitar-vos-á, fazendo-vos regressar deste país ao país que prometeu por juramento a Abraão, a Isaac e a Jacob.» 
E José fez jurar aos filhos de Israel, dizendo: «Deus há-de visitar-vos e então levareis os meus ossos deste país.» 
José morreu com a idade de cento e dez anos. Embalsamaram-no e puseram-no num sarcófago, no Egipto. 


Evangelho segundo S. Mateus 10,24-33.

Naquele tempo, Jesus disse aos seus apóstolos: «O discípulo não é superior ao mestre, nem o servo é superior ao seu senhor. 
Basta ao discípulo ser como o mestre e ao servo ser como o senhor. Se ao dono da casa chamaram Belzebu, o que não chamarão eles aos familiares! 
Não os temais, portanto, pois não há nada encoberto que não venha a ser conhecido. 
O que vos digo às escuras, dizei-o à luz do dia; e o que escutais ao ouvido, proclamai-o sobre os terraços. 
Não temais os que matam o corpo e não podem matar a alma. Temei antes aquele que pode fazer perecer na Geena o corpo e a alma. 
Não se vendem dois pássaros por uma pequena moeda? E ne

m um deles cairá por terra sem o consentimento do vosso Pai! 
Quanto a vós, até os cabelos da vossa cabeça estão todos contados! 
Não temais, pois valeis mais do que muitos pássaros.» 
«Todo aquele que se declarar por mim, diante dos homens, também me declararei por ele diante do meu Pai que está no Céu. 
Mas aquele que me negar diante dos homens, também o hei-de negar diante do meu Pai que está no Céu. 



Da Bíblia Sagrada - Edição dos Franciscanos Capuchinhos - www.capuchinhos.org 



Comentário do dia: 

Carta da igreja de Esmirna sobre o mártir São Policarpo (69-155), bispo (trad. Berviário) 


«Não temais os que matam o corpo e não podem matar a alma.»


Com as mãos atrás das costas e amarrado, Policarpo era como um carneiro escolhido de entre um grande rebanho para o sacrifício, um holocausto agradável preparado para Deus.Levantou os olhos ao céu e disse: «Senhor Deus omnipotente, Pai do vosso amado e bendito Filho Jesus Cristo, por meio do qual Vos conhecemos, Deus dos anjos, das potestades, de toda a criação e de todos os justos que vivem na vossa presença, eu Vos bendigo porque Vos dignastes, neste dia e nesta hora, incluir-me no número dos vossos mártires, fazer-me tomar parte no cálice do vosso Ungido e, pelo Espírito Santo, alcançar a ressurreição na vida eterna, na incorruptibilidade da alma e do corpo; no meio dos vossos mártires Vos peço que eu seja hoje recebido na vossa presença, como sacrifício abundante e agradável, tal como Vós o tínheis preparado e mo destes a conhecer, e agora o realizais, ó Deus verdadeiro e sem falsidade. Por todas as coisas Vos louvo, Vos bendigo, Vos glorifico por meio do eterno e celeste Pontífice, Jesus Cristo, vosso amado Filho. Por Ele seja dada toda a glória a Vós, em união com Ele e com o Espírito Santo, agora e nos séculos que hão-de vir, Ámen.



publicado por portucalia às 15:51

PORTUCÁLIA é um blog que demonstra para os nossos irmãos portugueses como o governo brasileiro é corrupto. Não se iludam com o sr. Lula.Textos literários e até poesia serão buscados em vários autores.
mais sobre mim
Julho 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9





pesquisar
 
blogs SAPO