PORTUCÁLIA

Maio 27 2013

EVANGELHO QUOTIDIANO

"Senhor, a quem iremos? Tu tens palavras de vida eterna". João 6, 68


Segunda-feira, dia 27 de Maio de 2013

Segunda-feira da 8ª semana do Tempo Comum


Santo do dia : Santo Agostinho de Cantuária, bispo, +605 

Ver comentário em baixo, ou carregando aqui 
São Clemente de Alexandria : «Bom Mestre, que devo fazer para alcançar a vida eterna?» 

Livro de Eclesiástico 17,20-28.

As iniquidades deles não lhe são ocultas, e todos os seus pecados estão diante do Senhor. 
Mas o Senhor é bom e conhece as suas criaturas, não as destrói nem as abandona, mas poupa-as. 
A esmola do homem é para Ele como um selo, e Ele conserva os benefícios realizados, como a pupila dos olhos. Concedendo a seus filhos e filhas o arrependimento. 
Então, levantar-se-á e há-de recompensá-los, e retribuirá a cada um segundo o seu procedimento. 
Aos que se arrependem, porém, Ele deixa-os recomeçar, e conforta os que perderam a perseverança. 
Converte-te ao Senhor, deixa os teus pecados, suplica diante dele e evita as ocasiões de pecado. 
Volta-te para o Altíssimo, afasta-te da injustiça, – pois Ele próprio te conduzirá, das trevas à claridade da salvação – e detesta profundamente o que é abominável. 
Quem louvará o Altíssimo no Hades, em lugar dos vivos, quem o poderá louvar? 
O morto, como quem não existe, já não pode louvar; o homem vivo e com saúde é que louvará o Senhor. 


Evangelho segundo S. Marcos 10,17-27.

Naquele tempo, ia Jesus pôr-se a caminho, quando um homem correu para Ele e ajoelhou-se, perguntando: «Bom Mestre, que devo fazer para alcançar a vida eterna?» 
Jesus disse: «Porque me chamas bom? Ninguém é bom senão um só: Deus. 
Sabes os mandamentos: Não mates, não cometas adultério, não roubes, não levantes falso testemunho, não defraudes, honra teu pai e tua mãe.» 
Ele respondeu: «Mestre, tenho cumprido tudo isso desde a minha juventude.» 
Jesus, fitando nele o olhar, sentiu afeição por ele e disse: «Falta-te apenas uma coisa: vai, vende tudo o que tens, dá o dinheiro aos pobres e terás um tesouro no Céu; depois, vem e segue-me.» 
Mas, ao ouvir tais palavras, ficou de semblante anuviado e retirou-se pesaroso, pois tinha muitos bens. 
Olhando em volta, Jesus disse aos discípulos: «Quão difícil é entrarem no Reino de Deus os que têm riquezas!» 
Os discípulos ficaram espantados com as suas palavras. Mas Jesus prosseguiu: «Filhos, como é difícil entrar no Reino de Deus! 
É mais fácil passar um camelo pelo fundo de uma agulha, do que um rico entrar no Reino de Deus.» 
Eles admiraram-se ainda mais e diziam uns aos outros: «Quem pode, então, salvar-se?» 
Fitando neles o olhar, Jesus disse-lhes: «Aos homens é impossível, mas a Deus não; pois a Deus tudo é possível.» 



Da Bíblia Sagrada - Edição dos Franciscanos Capuchinhos - www.capuchinhos.org 



Comentário do dia: 

São Clemente de Alexandria (150-c. 215), teólogo 
Homilia «Os ricos podem salvar-se?» 

«Bom Mestre, que devo fazer para alcançar a vida eterna?»

Ignorar a Deus é morrer; pois a vida reside apenas em conhecê-Lo, viver Nele, amá-Lo e procurar assemelhar-se a Ele. Se quereis a vida eterna, [...] procurai antes de mais conhecê-Lo, ainda que «ninguém conhece o Filho, senão o Pai, e ninguém conhece o Pai, senão o Filho e aquele a quem o Filho quiser revelá-Lo» (Mt 11,27). Em Deus, conhecei a grandeza do Redentor e a Sua graça inestimável; pois, diz o apóstolo João, «a lei foi dada por Moisés, a graça e a verdade vieram por Jesus Cristo» (1,17). [...] Se a Lei de Moisés pudesse dar-nos a vida eterna, porque teria o nosso Salvador vindo ao mundo e sofrido por nós, desde o nascimento até à morte, percorrendo toda uma vida humana? Porque se teria este jovem, que tão bem cumpria desde a juventude os mandamentos da Lei, lançado aos Seus pés para Lhe pedir a imortalidade?


Este jovem observava a Lei na sua totalidade, e a ela se ligara desde a juventude. [...] Mas percebe bem que, se nada falta à sua virtude, lhe falta contudo a vida. É por isso que vem pedi-la Àquele que pode dar-lha; está seguro de estar em regra com a Lei, mas nem por isso deixa de implorar ao Filho de Deus. [...] As amarras da Lei não o defendem adequadamente das oscilações do navio, pelo que ele deseja abandonar esta navegação perigosa e lançar âncora no porto do Salvador.


Jesus não lhe censura a falta de cumprimento da Lei, mas olha-o com afecto, emocionado com a sua aplicação de bom aluno. Contudo, diz-lhe que é ainda imperfeito [...]: é bom trabalhador da Lei, mas preguiçoso para a vida eterna. A Lei santa é como um pedagogo que orienta para os mandamentos perfeitos de Jesus (Ga 3,24) e para a Sua graça. Jesus é «o cumprimento da lei, para justificar todo aquele que crê Nele» (Rm 10,4).



publicado por portucalia às 22:40

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



PORTUCÁLIA é um blog que demonstra para os nossos irmãos portugueses como o governo brasileiro é corrupto. Não se iludam com o sr. Lula.Textos literários e até poesia serão buscados em vários autores.
mais sobre mim
Maio 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9

14
17

25

26
29
31


pesquisar
 
subscrever feeds
blogs SAPO