PORTUCÁLIA

Junho 24 2013
TEXTOS DE SÃO JOSEMARIA

24 de junho de 2013

“És Filho de Deus”
O Batismo nos faz “fideles” - fiéis - , palavra que, como aquela outra, - “sancti” - santos -, os primeiros seguidores de Jesus empregavam para designar-se entre si, e que ainda hoje se usa: fala-se dos “fiéis” da Igreja. - Pensa nisto! (Forja,622)


Da Galiléia foi Jesus ao Jordão ter com João, a fim de ser batizado por ele... E do céu baixou uma voz: “Eis meu Filho muito amado em quem ponho minha afeição" (Mt 3, 13.17).

Através do Batismo, nosso Pai-Deus tomou posse das nossas vidas, incorporou-nos à vida de Cristo e enviou-nos o Espírito Santo. (É Cristo que passa, 128)

A força e o poder de Deus iluminam a face da terra. (É Cristo que passa, 128)

Conseguiremos que o mundo arda nas chamas do fogo que vieste trazer à terra!... E a luz da tua Verdade, Jesus nosso, iluminará as inteligências num dia sem fim. (cf. Forja, 947)

Eu te ouço clamar, meu Rei, com viva voz, que ainda vibra: "Ignem veni mittere in terram, et quid volo nisi ut accendatur?" - vim trazer fogo à terra, e que quero senão que arda?" Senhor, eu te respondo - eu inteiro - com os meus sentidos e potências: "Ecce ego quia vocasti me!" - aqui me tens porque me chamaste!”. (cf. Forja, 52)

O Senhor pôs na tua alma um selo indelével, por meio do Batismo: és filho de Deus. (Forja, 264)

Menino: não te inflamas em desejos de fazer que todos O amem? (Forja, 300)

(Santo Rosário, Iº mistério luminoso)
 [Topo] 

       http://www.opusdei.org.br/art.php?p=17175

publicado por portucalia às 20:30

Junho 24 2013
Benzodiazepinas
 
 
Apresentação
 
 

As benzodiazepinas são psicofármacos com efeitos depressores. São produzidas por síntese química e podem assumir a forma de comprimidos, cápsulas ou, menos frequentemente, a de ampolas ou supositórios. Costumam ser conhecidas pelos nomes dos seus fabricantes, como por exemplo valium, rohipnol, buprex, mandrax, artane, etc. A via de administração mais habitual é a oral, sendo que a intravenosa é também comum.

São utilizadas com fins terapêuticos no tratamento da ansiedade e insónias.

Facilitam a acção do ácido gamma-aminobutírico (GABA) sobre os seus receptores. O GABA é um neurotransmissor inibidor em quase todos os núcleos do Sistema Nervoso Central. Tem efeitos a nível ansiolítico, relaxante, anti-convulsivo ou hipnótico. Abranda as mensagens de e para o cérebro, incluindo as respostas físicas, mentais e emocionais.

 

 

 
Origem
 
 

Em 1955, Sternbach fez a síntese da primeira benzodiazepina, mas só mais tarde, em 1957, é que Kendall descobre o efeito tranquilizante do oxidoclorodiazepam. A partir desta altura foi sintetizado um grande número de substâncias semelhantes - diazepam (Valium), o flunitrazepam (Rophynol), o oxazepam (Serenal) e o lorazepam (Temesta) -, sendo que os compostos incluídos nesta família ultrapassam já os 2000. Destes, apenas 35 são utilizados com fins terapêuticos no tratamento de ansiedade e insónias.

Tornaram-se os fármacos mais receitados para estes problemas a partir dos anos 60, tendo vindo a substituir os barbitúricos devido à sua maior segurança e menores efeitos secundários. Actualmente, constituem o grupo de fármacos mais receitado em todo o mundo.

 

 

 
Efeitos
 
 

Os seus efeitos ansiolíticos, provocam no indivíduo um estado de relaxamento muscular, sonolência, alívio da tensão e ansiedade, cansaço e letargia que podem ser acompanhados por desinibição, loquacidade, excitação, agressividade, linguagem afectada, sentimentos de isolamento ou depressão.

Doses elevadas poderão provocar náuseas, aturdimento, confusão, diminuição da coordenação psicomotora, sono, sedação excessiva, perdas de memória, lentificação do pensamento ou instabilidade emocional.

 

publicado por portucalia às 20:26

Junho 24 2013

publicado por portucalia às 20:20

Junho 24 2013
O Facebook está desenvolvendo um aplicativo, conhecido internamente como Reader, que tem a função de exibir notícias para dispositivos móveis de forma semelhante ao Flipboard, aplicativo que disponibiliza reportagens de redes sociais como uma revista virtual.

Segundo o site Jornalistas da Web, a criação do aplicativo, que ainda não tem nome e data de lançamento definidos, faz parte de uma estratégia do Facebook para fazer com que os usuários passem mais tempo conectados à rede social.

O aplicativo ainda mostra uma mudança da empresa em relação a sua concepção original, de conectar amigos. Agora, o Facebook estaria caminhando para dar mais espaço para conteúdos mais informativos e menos pessoais.
publicado por portucalia às 20:16

Junho 24 2013

EVANGELHO QUOTIDIANO

"Senhor, a quem iremos? Tu tens palavras de vida eterna". João 6, 68


Segunda-feira, dia 24 de Junho de 2013

Nascimento de Saõ João Baptista - Solenidade


Festa da Igreja : Nascimento de S. João Baptista (ofício próprio)
Calendário da Igreja disponível este dia 
Ver comentário em baixo, ou carregando aqui 
São Máximo de Turim : «Ele é que deve crescer, e eu diminuir» 

Livro de Isaías 49,1-6.

«Terras de Além- Mar, escutai-me; prestai atenção, povos de longe. Quando ainda estava no ventre materno, o Senhor chamou-me, quando ainda estava no seio da minha mãe, pronunciou o meu nome. 
Fez da minha palavra uma espada afiada, escondeu-me na concha da sua mão. Fez da minha mensagem uma seta penetrante, guardou-me na sua aljava. 
Disse-me: «Israel, tu és o meu servo, em ti serei glorificado.» 
Eu dizia a mim mesmo: «Em vão me cansei, em vento e em nada gastei as minhas forças.» Porém, o meu direito está nas mãos do SENHOR, e no meu Deus a minha recompensa. 
E agora o SENHOR declara-me que me formou desde o ventre materno, para ser o seu servo, para lhe reconduzir Jacob, e para lhe congregar Israel. Assim me honrou o SENHOR. O meu Deus tornou-se a minha força. 
Disse-me: «Não basta que sejas meu servo, só para restaurares as tribos de Jacob, e reunires os sobreviventes de Israel. Vou fazer de ti luz das nações, para que a minha salvação chegue até aos confins da terra.» 


Livro dos Actos dos Apóstolos 13,22-26.

Naqueles dias, Paulo falou deste modo: «Deus elevou David como rei, e a seu respeito deu este testemunho: 'Encontrei David, filho de Jessé, homem segundo o meu coração, que fará todas as minhas vontades.' 
Da sua descendência, segundo a sua promessa, Deus proporcionou a Israel um Salvador, que é Jesus. 
João preparou a sua vinda, anunciando um baptismo de penitência a todo o povo de Israel. 
Quase a terminar a sua carreira, João dizia: ‘Eu não sou quem julgais; mas vem, depois de mim, alguém cujas sandálias não sou digno de desatar.’ 
Irmãos, filhos da estirpe de Abraão, e os que de entre vós são tementes a Deus, a nós é que foi dirigida a palavra de salvação. 


Evangelho segundo S. Lucas 1,57-66.80.

Naquele tempo, chegou a altura de Isabel ser mãe e deu à luz e um filho. 
Os seus vizinhos e parentes, sabendo que o Senhor manifestara nela a sua misericórdia, rejubilaram com ela. 
Ao oitavo dia, foram circuncidar o menino e queriam dar-lhe o nome do pai, Zacarias. 
Mas, tomando a palavra, a mãe disse: «Não; há-de chamar se João.» 
Disseram-lhe: «Não há ninguém na tua família que tenha esse nome.» 


Então, por sinais, perguntaram ao pai como queria que ele se chamasse. 
Pedindo uma placa, o pai escreveu: «O seu nome é João.» E todos se admiraram. 
Imediatamente a sua boca abriu-se, a língua desprendeu-se-lhe e começou a falar, bendizendo a Deus. 
O temor apoderou-se de todos os seus vizinhos, e por toda a montanha da Judeia se divulgaram aqueles factos. 
Quantos os ouviam retinham-nos na memória e diziam para si próprios: «Quem virá a ser este menino?» Na verdade, a mão do Senhor estava com ele. 
Entretanto, o menino crescia, o seu espírito robustecia-se, e vivia em lugares desertos, até ao dia da sua apresentação a Israel. 



Da Bíblia Sagrada - Edição dos Franciscanos Capuchinhos - www.capuchinhos.org 



Comentário do dia: 

São Máximo de Turim (?-c. 420), bispo 
Sermão 99; PL 57, 535 

«Ele é que deve crescer, e eu diminuir»


Com razão pode João Baptista dizer de Nosso Senhor: «Ele é que deve crescer, e eu diminuir» (Jo 3,30), porque ainda hoje tem lugar o que essa afirmação nos diz; com efeito, os dias começam a crescer quando nasce o nosso Salvador, e a diminuir quando João nasce […], quer dizer, é evidente que o dia fica mais comprido logo que nos nasce o Salvador, e mais pequeno quando nasce o último dos profetas, pois está escrito: «A Lei e os Profetas subsistiram até João» (Lc 16,16). Era pois inevitável que a observância da Lei mergulhasse nas trevas no momento em que começasse a brilhar a graça do Evangelho, e que às profecias do Antigo Testamento se sucedesse a glória do Novo. […] 


Diz ainda o Evangelista a propósito do Senhor, Jesus Cristo, que «era a Luz verdadeira que […] a todo o homem ilumina» (Jo 1,9). […] Foi no preciso momento em que a duração da noite ultrapassava a do dia que, de repente, a vinda do Senhor projectou todo o seu esplendor; e se o seu nascimento afastou dos homens as trevas do pecado, a sua vinda pôs fim à noite e trouxe-lhes a luz do dia claro. […] 


De João, o Senhor diz que é uma lâmpada: «João era uma lâmpada ardente e luminosa» (Jo 5,35). Ora, a luz da lâmpada empalidece assim que brilham os primeiros raios do sol; a sua chama perde força, vencida pelo esplendor duma luz muito mais radiosa, e qual será o homem sensato que quererá servir-se duma lâmpada em sol aberto? […] Quem estará disposto a receber o baptismo de arrependimento de João (Mc 1,4), quando o de Jesus lhe traz a salvação?

publicado por portucalia às 19:57

PORTUCÁLIA é um blog que demonstra para os nossos irmãos portugueses como o governo brasileiro é corrupto. Não se iludam com o sr. Lula.Textos literários e até poesia serão buscados em vários autores.
mais sobre mim
Junho 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12

16




pesquisar
 
subscrever feeds
blogs SAPO