PORTUCÁLIA

Abril 22 2013
ACONTEDE QUE A AMIGA  ÍNTIMA DE LULA AMEÇA  EXPLODIR OU JOGAR MERDA NO  VENTILADOR E CONTAR TUDO QUE SABE  SOBRE A  REPÚBLOICA DA BANA E SUAS RELAÇÕES COM O PR - O PRESIDENTE - COMO ELA O CHAMAVA.  




publicado por portucalia às 17:06

Abril 22 2013

Rosemary Noronha está magoada e ameaça um revide em grande estilo. Sentindo-se desamparada pelos velhos companheiros que deixaram correr solta a investigação que pode levá-la mais uma vez às barras da Justiça, agora por enriquecimento ilícito, a ex-chefe do gabinete presidencial em São Paulo ameaça contar seus segredos e implicar gente graúda do partido e do governo. Se não for apenas mais um jogo de chantagem típico dos escândalos do universo petista, Rose poderá enfim dar uma grande contribuição ao país. Pelo menos até aqui, a ameaça da amiga dileta de Lula faz-se acompanhar de lances concretos — tão concretos que têm preocupado enormemente a cúpula partidária.

O mais emblemático deles é a troca da banca responsável por sua defesa. Rose, que vinha sendo defendida por advogados ligados ao PT, acaba de contratar um escritório que durante anos prestou serviços a tucanos. O Medina Osório Advogados, banca com sede em Porto Alegre e filial no Rio de Janeiro, trabalhou para o PSDB nacional e foi responsável pela defesa de tucanos em vários processos, como os enfrentados pela ex-governadora gaúcha Yeda Crusius.

Os novos advogados foram contratados para defendê-la no processo administrativo em que ela é acusada de usar e abusar da estrutura da Presidência da República em benefício próprio — justamente o motivo da mágoa que Rose guarda de seus antigos amigos (…). ( escreveu  REINALDO DE AZEVEDO 0 

publicado por portucalia às 17:01

Abril 22 2013

Morreu neste domingo, aos 92 anos, François Jacob, ganhador do prêmio Nobel de Medicina em 1965 por seus trabalhos sobre genética, informou o site Le Huffington Post. De acordo com a imprensa francesa, ele estava com sua família quando faleceu. Jacob era casado com a pianista Lise Bloch, com quem teve quatro filhos.

Thomas Coex/AFP

François Jacob, ganhador do Nobel de Medicina, em 1997

François Jacob em 1997

François Jacob nasceu em Nancy, na França, em 1920. Ele começou a estudar medicina com o objetivo de se tornar cirurgião, mas precisou interromper os seus estudos em 1940, quando se juntou às Forças Armadas da França na Segunda Guerra Mundial. Ele foi enviado como médico à África. Em 1944, sofreu ferimentos graves em um combate na Normandia os quais o impossibilitaram de praticar cirurgias. Após a guerra, Jacob retomou os seus estudos, dessa vez com maior interesse em pesquisas relacionadas à biologia.

Em 1950, o francês se juntou aos pesquisadores André Lwoff (morto em 1994) e Jacques Monod (morto em 1976). Os três receberam o Nobel de Medicina 15 anos depois por suas pesquisas sobre o DNA e por introduzirem na genética o conceito de RNA. Eles também estudaram os genes que codificam enzimas. François Jacob estudou principalmente os mecanismos genéticos existentes em bactérias e bacteriófagos e os efeitos bioquímicos de mutações genéticas.

Recomendados para você

publicado por portucalia às 16:39

Abril 22 2013
TEXTOS DE SÃO JOSEMARIA

22 de abril de 2013

Ninguém dá o que não tem”


Convence-te: o teu apostolado consiste em difundir bondade, luz, entusiasmo, generosidade, espírito de sacrifício, constância no trabalho, profundidade no estudo, amplitude na entrega, atualização, obediência absoluta e alegre à Igreja, caridade perfeita... - Ninguém dá o que não tem. (Sulco, 927)


Não o esqueças: tanto melhor convencemos quanto mais convencidos estamos. (Sulco, 929)

“Não se acende a luz para colocá-la debaixo de um alqueire, mas sobre um candeeiro, a fim de que alumie todos os da casa; assim brilhe a vossa luz diante dos homens, de maneira que vejam as vossas obras e glorifiquem o vosso Pai que está nos céus”. E, no final da sua passagem pela terra, Ele ordena: "Euntes docete" - ide e ensinai. Quer que a sua luz brilhe na conduta e na palavra dos seus discípulos - nas tuas também. (Sulco, 930)

Dizem que é velha essa idéia do catolicismo, e portanto inaceitável?... - Mais antigo é o sol, e não perdeu a sua luz; mais arcaica a água, e ainda tira a sede e refresca. (Sulco, 937)

Alguns não sabem nada de Deus..., porque não lhes falaram em termos compreensíveis. (Sulco, 941)

Acredita em mim: o apostolado, a catequese, de ordinário, tem de ser capilar: um a um. Cada homem de fé com o seu companheiro mais próximo. Aos que somos filhos de Deus, importam-nos todas as almas, porque nos importa cada alma. (Sulco, 943) [Topo] 

       http://www.opusdei.org.br/art.php?p=22461

publicado por portucalia às 16:31

Abril 22 2013

Evangelho segundo S. João 10,1-10.

Naquele tempo, disse Jesus: «Em verdade, em verdade vos digo: quem não entra pela porta no redil das ovelhas, mas sobe por outro lado, é um ladrão e salteador. 
Aquele que entra pela porta é o pastor das ovelhas. 
A esse o porteiro abre-a e as ovelhas escutam a sua voz. E ele chama as suas ovelhas uma a uma pelos seus nomes e fá-las sair. 
Depois de tirar todas as que são suas, vai à frente delas, e as ovelhas seguem-no, porque reconhecem a sua voz. 
Mas, a um estranho, jamais o seguiriam; pelo contrário, fugiriam dele, porque não reconhecem a voz dos estranhos.» 
Jesus propôs-lhes esta comparação, mas eles não compreenderam o que lhes dizia. 
Então, Jesus retomou a palavra: «Em verdade, em verdade vos digo: Eu sou a porta das ovelhas. 
Todos os que vieram antes de mim eram ladrões e salteadores, mas as ovelhas não lhes prestaram atenção. 
Eu sou a porta. Se alguém entrar por mim estará salvo; há-de entrar e sair e achará pastagem. 
O ladrão não vem senão para roubar, matar e destruir. Eu vim para que tenham vida e a tenham em abundância. 



Da Bíblia Sagrada - Edição dos Franciscanos Capuchinhos - www.capuchinhos.org 



Comentário ao Evangelho do dia feito por : 

Beato John Henry Newman (1801-1890), presbítero, fundador do Oratório em Inglaterra 
Sermão «O Pastor das nossas almas», PPS, t. 8, n° 16 

«Vai à frente delas, e as ovelhas seguem-No»

«Contemplando a multidão, [Jesus] encheu-Se de compaixão por ela, pois estava cansada e abatida, como ovelhas sem pastor» (Mt 9,36). [...] As ovelhas estavam dispersas porque não havia pastor. [...] Assim era no mundo inteiro quando Cristo veio na Sua misericórdia infinita «para congregar na unidade os filhos de Deus que estavam dispersos» (Jo 11,52). E se, por um momento, foram de novo deixadas sem guia, quando na Sua luta o bom pastor deu a vida pelas Suas ovelhas – segundo a profecia: «Fere o pastor, para que Se dispersem as ovelhas» (Zc 13,7) –, logo, porém, ressuscitou de entre os mortos para viver para sempre, segundo uma outra profecia: «Aquele que dispersou Israel vai reuni-lo e guardá-lo como o pastor ao seu rebanho» (Jr 31, 10).


Como o diz Ele mesmo na parábola que nos propõe, «chama as Suas ovelhas uma a uma pelos seus nomes e fá-las sair [...], vai à frente delas, e as ovelhas seguem-No, porque reconhecem a Sua voz». Assim, no dia da ressurreição, como Maria estivesse a chorar, chamou-a pelo nome (Jo 20, 16), e ela voltou-se e reconheceu pela voz Aquele que não havia reconhecido pela vista. De igual modo, disse a Simão Pedro: «Simão, filho de João, tu amas-Me?», e acrescentou: «Segue-me !» (Jo 21,15.19). Do mesmo modo, disseram Ele e o Seu anjo às mulheres: «Ele [...] vai à vossa frente para a Galileia. Lá o vereis.»; «Ide anunciar aos Meus irmãos que partam para a Galileia. Lá Me verão» (Mt 28,7.10). Desde então o bom pastor, que tomou o lugar das Suas ovelhas e que morreu para que elas pudessem viver para sempre, precede-as, e elas «seguem o Cordeiro para toda a parte» (Ap 14, 4).



publicado por portucalia às 15:38

Abril 22 2013

França: 50 mil protestam contra aprovação da lei do casamento ENTRE  PEDERASTAS 

Redação SRZD | Internacional | 21/04/2013 18h11

 

 

Foto: Reprodução de InternetMilhares de pessoas marcharam pelas ruas de Paris, neste domingo, em manifestação contra a aprovação da lei que tornará possível o casamento entre pessoas do mesmo sexo e a adoção de crianças por esses casais.

Agitando bandeiras nas cores rosa e azul, os cerca de 50 mil manifestantes entoavam "Nós não queremos sua lei, Hollande", fazendo referência ao presidente francês, François Hollande.

"Tudo nasceu de uma mãe e um pai"

A frase grafada no principal cartaz do movimento deixava clara a insatisfação dos opositores. Os franceses que foram às ruas da capital pensam ser antidemocrático realizar uma mudança social desta magnitude sem que haja um referendo.

publicado por portucalia às 01:37

Abril 22 2013

EVANGELHO QUOTIDIANO

"Senhor, a quem iremos? Tu tens palavras de vida eterna". João 6, 68


Domingo, dia 21 de Abril de 2013

4º Domingo da Páscoa - Ano C


Festa da Igreja : Quarto Domingo do Tempo Pascal (semana IV do saltério)
Santo do dia : Santo Anselmo de Cantuária, bispo, Doutor da Igreja, +1109,,  S. Romano Adame, presbítero, mártir, +1927 

Ver comentário em baixo, ou carregando aqui 
São Gregório Magno : «Dou-lhes a vida eterna» 

Livro dos Actos dos Apóstolos 13,14.43-52.

Naqueles dias, Paulo e Barnabé deixaram Perga e, caminhando sempre, chegaram a Antioquia da Pisídia. A um sábado, entraram na sinagoga e sentaram-se. 
Depois da reunião, muitos judeus e prosélitos piedosos seguiam Paulo e Barnabé, os quais, nas suas conversas com eles, os exortavam a perseverar na graça de Deus. 
No sábado seguinte, quase toda a cidade se reuniu para ouvir a palavra do Senhor. 
A presença da multidão encheu os judeus de inveja, e responderam com blasfémias ao que Paulo dizia. 
Então, desassombradamente, Paulo e Barnabé afirmaram: «Era primeiramente a vós que a palavra de Deus devia ser anunciada. Visto que a repelis e vós próprios vos julgais indignos da vida eterna, voltamo-nos para os pagãos, 
pois assim nos ordenou o Senhor: Estabeleci-te como luz dos povos, para levares a salvação até aos confins da Terra.» 
Ao ouvirem isto, os pagãos encheram-se de alegria e glorificavam a palavra do Senhor; e todos os que estavam destinados à vida eterna abraçaram a fé. 
Assim, a palavra do Senhor divulgava-se por toda aquela região. 
Mas os judeus incitaram as senhoras devotas mais distintas e os de maior categoria da cidade, desencadeando uma perseguição contra Paulo e Barnabé, e expulsaram-nos do seu território. 
Estes, sacudindo contra eles o pó dos pés, foram para Icónio. 
Quanto aos discípulos, estavam cheios de alegria e do Espírito Santo. 


Livro do Apocalipse 7,9.14b-17.

Eu, João, vi uma multidão enorme que ninguém podia contar, de todas as nações, tribos, povos e línguas. Estavam de pé com túnicas brancas diante do trono e diante do Cordeiro, e com palmas na mão. 
Eu respondi-lhe: «Meu senhor, tu é que sabes.» Ele disse-me: «Estes são os que vêm da grande tribulação; lavaram as suas túnicas e as branquearam no sangue do Cordeiro.
Por isso, estão diante do trono de Deus e servem-no, noite e dia, no seu santuário, e o que está sentado no trono abrigá-los-á na sua tenda. 
Nunca mais passarão fome nem sede; nem o sol nem o calor ardente cairão sobre eles, 
porque o Cordeiro que está no meio do trono os apascentará e conduzirá às fontes de água viva; e Deus enxugará todas as lágrimas dos seus olhos.» 


Evangelho segundo S. João 10,27-30.

Naquele tempo, disse Jesus: «As minhas ovelhas escutam a minha voz: Eu conheço-as e elas seguem-me. 
Dou-lhes a vida eterna, e nem elas hão-de perecer jamais, nem ninguém as arrancará da minha mão. 
O que o meu Pai me deu vale mais que tudo e ninguém o pode arrancar da mão do Pai. 
Eu e o Pai somos Um.» 



Da Bíblia Sagrada - Edição dos Franciscanos Capuchinhos - www.capuchinhos.org 



Comentário ao Evangelho do dia feito por : 

São Gregório Magno (c. 540-604), papa, doutor da Igreja 
Homilias sobre o evangelho, nº 14 (trad. Breviário) 

«Dou-lhes a vida eterna»

O Senhor diz: «As Minhas ovelhas ouvem a Minha voz; Eu conheço-as e elas seguem-Me; e dou-lhes a vida eterna.» Delas tinha dito um pouco antes: «Se alguém entrar por Mim, será salvo; poderá entrar e sair e encontrará pastagem» (Jo 19, 9). Entrará efectivamente, abrindo-se à fé; sairá passando da fé à visão e à contemplação, e encontrará pasto abundante no banquete eterno. 


As Suas ovelhas, portanto, encontram pastagens, porque todo aquele que O segue na simplicidade de coração é nutrido com um alimento de eterna frescura. Que são afinal as pastagens destas ovelhas, senão as profundas alegrias de um paraíso sempre verdejante? O alimento dos eleitos é o rosto de Deus, sempre presente. Ao contemplá-lo sem interrupção, a alma sacia-se eternamente com o alimento da vida.


Procuremos pois, irmãos caríssimos, alcançar estas pastagens, onde poderemos alegrar-nos na companhia dos cidadãos do céu. A alegria festiva dos bem-aventurados nos estimule. Reanimemos o nosso espírito, irmãos; afervore-se a nossa fé nas verdades em que acreditamos; inflame-se a nossa inspiração pelas coisas do céu. Amar assim já é caminhar. Nenhuma contrariedade nos afaste da alegria desta solenidade interior. Se alguém, com efeito, deseja atingir um lugar determinado, não há obstáculo no caminho que o demova do seu intento. Nenhuma prosperidade sedutora nos iluda. Insensato seria o viajante que, contemplando a beleza da paisagem, se esquecesse de continuar a sua viagem até ao fim.

publicado por portucalia às 01:23

Abril 22 2013

EVANGELHO QUOTIDIANO

"Senhor, a quem iremos? Tu tens palavras de vida eterna". João 6, 68


Domingo, dia 21 de Abril de 2013

4º Domingo da Páscoa - Ano C


Festa da Igreja : Quarto Domingo do Tempo Pascal (semana IV do saltério)
Santo do dia : Santo Anselmo de Cantuária, bispo, Doutor da Igreja, +1109,,  S. Romano Adame, presbítero, mártir, +1927 

Ver comentário em baixo, ou carregando aqui 
São Gregório Magno : «Dou-lhes a vida eterna» 

Livro dos Actos dos Apóstolos 13,14.43-52.

Naqueles dias, Paulo e Barnabé deixaram Perga e, caminhando sempre, chegaram a Antioquia da Pisídia. A um sábado, entraram na sinagoga e sentaram-se. 
Depois da reunião, muitos judeus e prosélitos piedosos seguiam Paulo e Barnabé, os quais, nas suas conversas com eles, os exortavam a perseverar na graça de Deus. 
No sábado seguinte, quase toda a cidade se reuniu para ouvir a palavra do Senhor. 
A presença da multidão encheu os judeus de inveja, e responderam com blasfémias ao que Paulo dizia. 
Então, desassombradamente, Paulo e Barnabé afirmaram: «Era primeiramente a vós que a palavra de Deus devia ser anunciada. Visto que a repelis e vós próprios vos julgais indignos da vida eterna, voltamo-nos para os pagãos, 
pois assim nos ordenou o Senhor: Estabeleci-te como luz dos povos, para levares a salvação até aos confins da Terra.» 
Ao ouvirem isto, os pagãos encheram-se de alegria e glorificavam a palavra do Senhor; e todos os que estavam destinados à vida eterna abraçaram a fé. 
Assim, a palavra do Senhor divulgava-se por toda aquela região. 
Mas os judeus incitaram as senhoras devotas mais distintas e os de maior categoria da cidade, desencadeando uma perseguição contra Paulo e Barnabé, e expulsaram-nos do seu território. 
Estes, sacudindo contra eles o pó dos pés, foram para Icónio. 
Quanto aos discípulos, estavam cheios de alegria e do Espírito Santo. 


Livro do Apocalipse 7,9.14b-17.

Eu, João, vi uma multidão enorme que ninguém podia contar, de todas as nações, tribos, povos e línguas. Estavam de pé com túnicas brancas diante do trono e diante do Cordeiro, e com palmas na mão. 
Eu respondi-lhe: «Meu senhor, tu é que sabes.» Ele disse-me: «Estes são os que vêm da grande tribulação; lavaram as suas túnicas e as branquearam no sangue do Cordeiro.
Por isso, estão diante do trono de Deus e servem-no, noite e dia, no seu santuário, e o que está sentado no trono abrigá-los-á na sua tenda. 
Nunca mais passarão fome nem sede; nem o sol nem o calor ardente cairão sobre eles, 
porque o Cordeiro que está no meio do trono os apascentará e conduzirá às fontes de água viva; e Deus enxugará todas as lágrimas dos seus olhos.» 


Evangelho segundo S. João 10,27-30.

Naquele tempo, disse Jesus: «As minhas ovelhas escutam a minha voz: Eu conheço-as e elas seguem-me. 
Dou-lhes a vida eterna, e nem elas hão-de perecer jamais, nem ninguém as arrancará da minha mão. 
O que o meu Pai me deu vale mais que tudo e ninguém o pode arrancar da mão do Pai. 
Eu e o Pai somos Um.» 



Da Bíblia Sagrada - Edição dos Franciscanos Capuchinhos - www.capuchinhos.org 



Comentário ao Evangelho do dia feito por : 

São Gregório Magno (c. 540-604), papa, doutor da Igreja 
Homilias sobre o evangelho, nº 14 (trad. Breviário) 

«Dou-lhes a vida eterna»

O Senhor diz: «As Minhas ovelhas ouvem a Minha voz; Eu conheço-as e elas seguem-Me; e dou-lhes a vida eterna.» Delas tinha dito um pouco antes: «Se alguém entrar por Mim, será salvo; poderá entrar e sair e encontrará pastagem» (Jo 19, 9). Entrará efectivamente, abrindo-se à fé; sairá passando da fé à visão e à contemplação, e encontrará pasto abundante no banquete eterno. 


As Suas ovelhas, portanto, encontram pastagens, porque todo aquele que O segue na simplicidade de coração é nutrido com um alimento de eterna frescura. Que são afinal as pastagens destas ovelhas, senão as profundas alegrias de um paraíso sempre verdejante? O alimento dos eleitos é o rosto de Deus, sempre presente. Ao contemplá-lo sem interrupção, a alma sacia-se eternamente com o alimento da vida.


Procuremos pois, irmãos caríssimos, alcançar estas pastagens, onde poderemos alegrar-nos na companhia dos cidadãos do céu. A alegria festiva dos bem-aventurados nos estimule. Reanimemos o nosso espírito, irmãos; afervore-se a nossa fé nas verdades em que acreditamos; inflame-se a nossa inspiração pelas coisas do céu. Amar assim já é caminhar. Nenhuma contrariedade nos afaste da alegria desta solenidade interior. Se alguém, com efeito, deseja atingir um lugar determinado, não há obstáculo no caminho que o demova do seu intento. Nenhuma prosperidade sedutora nos iluda. Insensato seria o viajante que, contemplando a beleza da paisagem, se esquecesse de continuar a sua viagem até ao fim.

publicado por portucalia às 01:21

Abril 22 2013
TEXTOS DE SÃO JOSEMARIA

21 de abril de 2013

Sereno no meio das preocupações”



Se - por teres o olhar cravado em Deus - sabes manter-te sereno ante as preocupações, se aprendes a esquecer as pequenezes, os rancores e as invejas, evitarás a perda de muitas energias, que te fazem falta para trabalhar com eficácia, a serviço dos homens. (Sulco, 856)


Luta contra as asperezas do teu caráter, contra os teus egoísmos, contra o teu comodismo, contra as tuas antipatias... Além de que temos de ser corredentores, o prêmio que receberás - pensa bem nisto - estará em proporção diretíssima com a semeadura que tiveres feito. (Sulco, 863).

Tarefa do cristão: afogar o mal em abundância de bem. Não se trata de campanhas negativas, nem de ser anti-nada. Pelo contrário: viver de afirmação, cheios de otimismo, com juventude, alegria e paz; ver com compreensão a todos: os que seguem a Cristo e os que O abandonam ou não O conhecem. - Mas compreensão não significa abstencionismo nem indiferença, mas atividade. (Sulco, 864)

Paradoxo: desde que me decidi a seguir o conselho do Salmo: “Lança sobre o Senhor as tuas preocupações, e Ele te sustentará”, cada dia tenho menos preocupações na cabeça... E, ao mesmo tempo, com o trabalho oportuno, tudo se resolve com maior clareza! (Sulco, 873) [Topo] 

       http://www.opusdei.org.br/art.php?p=22460

publicado por portucalia às 01:17

PORTUCÁLIA é um blog que demonstra para os nossos irmãos portugueses como o governo brasileiro é corrupto. Não se iludam com o sr. Lula.Textos literários e até poesia serão buscados em vários autores.
mais sobre mim
Abril 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9


21
27



pesquisar
 
subscrever feeds
blogs SAPO