PORTUCÁLIA

Agosto 08 2012

Naquele tempo, 21Jesus retirou-se para a região de Tiro e Sidônia. 22Eis que uma mulher cananeia, vindo daquela região, pôs-se a gritar: “Senhor, filho de Davi, tem piedade de mim: minha filha está cruelmente atormentada por um demônio!” 23Mas, Jesus não lhe respondeu palavra alguma. Então seus discípulos aproximaram-se e lhe pediram: “Manda embora essa mulher, pois ela vem gritando atrás de nós”. 
24Jesus respondeu: “Eu fui enviado somente às ovelhas perdidas da casa de Israel”.25Mas, a mulher, aproximando-se, prostrou-se diante de Jesus, e começou a implorar: “Senhor, socorre-me!” 26Jesus lhe disse: “Não fica bem tirar o pão dos filh

os para jogá-lo aos cachorrinhos”. 27A mulher insistiu: “É verdade, Senhor; mas os cachorrinhos também comem as migalhas que caem da mesa de seus donos!” 28Diante disso, Jesus lhe disse: “Mulher, grande é a tua fé! Seja feito como tu queres!” E desde aquele momento sua filha ficou curada. 

publicado por portucalia às 14:59

Agosto 07 2012

Três homens entraram em uma igreja na região central da Nigéria pouco antes do estudo da Bíblia começar e abriram fogo, matando ao menos 19 pessoas na noite de segunda-feira. Não se sabe ainda quantos ficaram feridos. 

Dois atiradores atacaram o santuário enquanto um terceiro foi até o gerador e desligou-o, para assim dificultar a fuga das vítimas, afirmou o coronel Gabriel Olorunyomi. A igreja é localizada na cidade de Okene, 250 quilômetros ao sudoeste da capital, Abuja. 

Soldados e policiais procuraram os assassinos durante a noite, mas até a tarde desta terça-feira não houve prisões. Nenhum grupo assumiu a sponsabilidade pelo massacre. 

A Nigéria enfrenta ataques de um grupo islâmico radical chamado Boko Haram, expressão que significa "educação ocidental é sacrilégio". O grupo vêm atacando igrejas e até mesquitas. De acordo com estimativa da Associated Press, 660 assassinatos foram atribuídos ao Boko Haram somente neste ano.

 

A Nigéria é amplamente dividida entre o norte muçulmano e o sul cristão. Apesar de membros das duas fés normalmente viverem e trabalharem juntos, bem como casaram-se, os ataques do Boko Haram aumentaram as tensões religiosas. As informações são da Associated Press.

publicado por portucalia às 18:57

Agosto 07 2012
T
O robô Curiosity procura de vida no planeta vermelho, e pousou em Marte na madrugada desta segunda-feira às 2h33 de Brasília
A sonda capturou a imagem do curiosity (em cima) e de outro objeto, provavelmente um escudo térmico (abaixo)( / HO / NASA/JPL-CALTECH/MALIN SSI / AFPA sonda capturou a imagem do curiosity (em cima) e de outro objeto, provavelmente um escudo térmico (abaixo)(HO / NASA/JPL-CALTECH/MALIN SSI / AFP
Da Redação com AFP noticias@band.com.br

Veja também

 

Uma imagem divulgada pela Nasa nesta terça-feira mostra o jipe-robô Curiosity chegando a Marte em seu pára-quedas. A imagem foi feita pelo HiRISE, uma sonda que tira fotos em alta resolução.

 

A sonda também localizou outro objeto que não está presente nas imagens anteriores do mesmo local. Pelo tamanho, os cientistas desconfiam que seja um escudo térmico ainda em movimento, porque se já tivesse chegado ao solo, levantaria uma nuvem de poeira.

 

O robô Curiosity procura de vida no planeta vermelho, e pousou em Marte na madrugada desta segunda-feira às 2h31 de Brasília

 

A operação de pouso foi considerada a mais complexa na história dos voos espaciais não tripulados. Por causa da demora nas comunicações por rádio entre a Terra e Marte, todo o processo precisou ser autoguiado, sem a interferência de técnicos.

 

publicado por portucalia às 18:49

Agosto 07 2012

DIA 7 DE AGOSTO – TERÇA-FEIRA Mestre, tu és o Filho de Deus, és rei de Israel! Evangelho (Mateus 14,26-36) 14 22 Jesus obrigou seus discípulos a entrar na barca e a passar antes dele para a outra margem, enquanto ele despedia a multidão. 23 Feito isso, subiu à montanha para orar na solidão. E, chegando a noite,estava lá sozinho. 24 Entretanto, já a boa distância da margem, a barca era agitada pelas ondas, pois o vento era contrário. 25 Pela quarta vigília da noite, Jesus veio a eles, caminhando sobre o mar. 26 Quando os discíp

ulos o perceberam caminhando sobre as águas, ficaram com medo: “É um fantasma!” disseram eles, soltando gritos de terror. 27 Mas Jesus logo lhes disse: “Tranqüilizai-vos, sou eu. Não tenhais medo!” 28 Pedro tomou a palavra e falou: “Senhor, se és tu, manda-me ir sobre as águas até junto de ti!” 29 Ele disse-lhe: “Vem!” Pedro saiu da barca e caminhava sobre as águas ao encontro de Jesus. 30 Mas, redobrando a violência do vento, teve medo e, começando a afundar, gritou: “Senhor, salva-me!” 31 No mesmo instante, Jesus estendeu-lhe a mão, segurou-o e lhe disse: “Homem de pouca fé, por que duvidaste?” 32 Apenas tinham subido para a barca, o vento cessou. 33 Então aqueles que estavam na barca prostraram-se diante dele e disseram: Tu és verdadeiramente o Filho de Deus. 34 E, tendo atravessado, chegaram a Genesaré. 35 As pessoas do lugar o reconheceram e mandaram anunciar por todos os arredores. Apresentaram-lhe, então, todos os doentes, 36 rogando-lhe que ao menos deixasse tocar na orla de sua veste. E, todos aqueles que nele tocaram, foram curados.

publicado por portucalia às 18:36

Agosto 06 2012

Segunda-feira, dia 06 de Agosto de 2012

Transfiguração do Senhor – festa - Ano B


Santo do dia : S. Justo e S. Pastor, estudantes, mártires, +304 

Ver comentário em baixo, ou carregando aqui 
Pedro o Venerável : «O Seu rosto resplandeceu como o Sol» (Mt 17,2) 

Livro de Daniel 7,9-10.13-14.

«Continuava eu a olhar, até que foram preparados uns tronos, e um Ancião sentou-se. Branco como a neve era o seu vestuário, e os cabelos da cabeça eram como de lã pura; o trono era feito de chamas, com rodas de fogo flamejante. 
Corria um rio de fogo que jorrava da parte da frente dele. Mil milhares o serviam, dez mil miríades lhe assistiam. O tribunal reuniu-se em sessão e foram abertos os livros. 
Contemplando sempre a visão nocturna, vi aproximar-se, sobre as nuvens do céu, um ser semelhante a um filho de homem. Avançou até ao Ancião, diante do qual o conduziram. 
Foram-lhe dadas as soberanias, a glória e a realeza. Todos os povos, todas as nações e as gentes de todas as línguas o serviram. O seu império é um império eterno que não passará jamais, e o seu reino nunca será destruído.» 


Evangelho segundo S. Marcos 9,2-10.

Naquele tempo, Jesus tomou consigo Pedro, Tiago e João e levou-os, só a eles, a um monte elevado. E transfigurou-se diante deles. 
As suas vestes tornaram-se resplandecentes, de tal brancura que lavadeira alguma da terra as poderia branquear assim. 
Apareceu-lhes Elias, juntamente com Moisés, e ambos falavam com Ele. 
Tomando a palavra, Pedro disse a Jesus: «Mestre, bom é estarmos aqui; façamos três tendas: uma para ti, uma para Moisés e uma para Elias.» 
Não sabia que dizer, pois estavam assombrados. 
Formou-se, então, uma nuvem que os cobriu com a sua sombra, e da nuvem fez-se ouvir uma voz: «Este é o meu Filho muito amado. Escutai-o.» 
De repente, olhando em redor, já não viram ninguém, a não ser só Jesus, com eles. 
Ao descerem do monte, ordenou-lhes que a ninguém contassem o que tinham visto, senão depois de o Filho do Homem ter ressuscitado dos mortos. 
Eles guardaram a recomendação, discutindo uns com os outros o que seria ressuscitar de entre os mortos. 



Da Bíblia Sagrada - Edição dos Franciscanos Capuchinhos - www.capuchinhos.org 



Comentário ao Evangelho do dia feito por : 

Pedro o Venerável (1092-1156), abade de Cluny 
Sermão 1 para a Transfiguração; PL 189, 959 

«O Seu rosto resplandeceu como o Sol» (Mt 17,2)

Será de espantar que o rosto de Jesus tenha resplandecido como o sol, pois se Ele mesmo era o sol? Ele era o sol, mas escondido atrás de uma nuvem. Agora a nuvem afasta-se, e Ele resplandece por um instante. Que nuvem é essa que se afasta? Não é a própria carne em si, mas a fraqueza da carne que desaparece por um momento.


Essa nuvem é aquela de que o profeta fala: «O Senhor, montado so¬bre uma nuvem veloz [...]» (Is 19,1): é a nuvem da carne que cobre a divindade, leve porque tal carne não traz em si nada de mal; é a nuvem que dissimula o esplendor divino, leve porque irá elevar-se até ao esplendor eterno. É a nuvem da qual se diz, no Cântico dos Cânticos: «Anseio sentar-me à sua sombra» (Ct 2,3). Leve nuvem, carne que é a do «Cordeiro que tira o pecado do mundo» (Jo 1,29); e, tirado o pecado do mundo, eis que o mundo se eleva nas alturas dos céus, aliviado do peso de todos os seus pecados.


O sol coberto por esta carne não é aquele que se levanta «sobre os bons e os maus» (Mt 5,45), mas o «Sol de justiça» (Ml 3,20), que se levanta apenas para os que temem a Deus. Estando habitualmente coberta pela nuvem da carne, essa «luz verdadeira, que, ao vir ao mundo, a todo o homem ilumina» (Jo 1, 9) brilha hoje com todo o seu esplendor. Hoje, ela glorifica essa mesma carne; mostra-a deificada aos apóstolos, para que os apóstolos a revelem ao mundo.

publicado por portucalia às 17:58

Agosto 05 2012

Marilyn Monroe: a maior deusa do século XX

Foi porventura a maior deusa da história do cinema, num olimpo que não tem tido falta delas. Na altura em que se cumprem 50 anos sobre a sua morte, recordamos os filmes e a vida de Marilyn Monroe.

 

Em toda a história do cinema, não haverá atriz que tenha personificado um mito tão duradouro de sensualidade, «glamour», alegria e tragédia como Marilyn Monroe, que, 50 anos após a morte prematura, continua a ser o maior «sex-symbol» não só da história do cinema como também do próprio século XX. Hoje em dia, tudo nela é mito: desde os filmes que fez ao misto de inocência e sexualidade que personificou, passando pelas várias tragédias da vida real, como a infância traumática, os casamentos falhados, a insegurança e depressão crónicas, e, principalmente, a morte não esclarecida aos 36 anos. Se estivesse viva, Marilyn teria hoje 86 anos: o seu falecimento prematuro foi uma tragédia mas fez dela uma lenda, já que despareceu no auge da beleza e ninguém a viu envelhecer.

A história de Marilyn é sobejamente conhecida: nascida Norma Jeane Mortenson em 1926, passou a infância em orfanatos e casas de acolhimento até casar aos 16 anos com um oficial da polícia, de quem se divorciaria quatro anos depois. A ascensão ao estrelato foi longa e fez o percurso habitual de modelo fotográfico, mudança de imagem (na origem, Marilyn era morena: o louro platinado veio depois...) e papéis de figuração sem quaisquer deixas em filmes menores.

Foi em «Ladies of the Chorus», em 1948, que teve o primeiro pequeno papel de algum relevo, a que se seguiram outros sem particular significado, até dois papéis secundários em 1950 que a colocaram de forma mais forte no radar: «Quando a Cidade Dorme», de John Huston, e «Eva», de Joseph L. Mankiewicz, que ganharia o Óscar de Melhor Filme.

Os papéis secundários presseguriam com aumento progressivo de relevância, até ao primeiro papel protagonista, em 1952, no «thriller» «Os Meus Lábios Queimam». A explosão, porém, só se deu em 1953, inicialmente com«Niagara», em que Marilyn fez disparar o seu «sex-appeal» com um cartaz em que as águas contornavam as curvas do seu corpo, e depois com «Os Homens Preferem as Louras», de Howard Hawks, um imenso sucesso que lhe estabeleceu a imagem de bomba sexual ingénua, e que deixou para a posteridade o número «Diamonds are a Girl's Best Friend». Ainda no mesmo, o número 1 da «Playboy» publicou uma mítica foto nua da atriz, tirada em 1949.

A partir daí, o mito não parou de crescer, mas apesar da sucessão de comédias, Marilyn tentou sempre furar a imagem de loura burra que se lhe colara à pele. O drama «Rio sem Regresso», de Otto Preminger, logo em 1954, foi uma tentativa bem sucedida nesse sentido, embora a força dos filmes que mais lhe alimentaram a lenda fosse superior a tudo: as geniais comédias de Billy Wilder «O Pecado Mora ao Lado» (1955), em que nem nome precisava de ter, e «Quanto Mais Quente Melhor» (1959).

O estudo de artes dramáticas, que Monroe já tinha tido em d

publicado por portucalia às 14:31

Agosto 05 2012

Domingo, dia 05 de Agosto de 2012

18º Domingo do Tempo Comum - Ano B


Festa da Igreja : XVIII Domingo do Tempo Comum (semana II do saltério)
Santo do dia : Santo Osvaldo, rei, +642 

Ver comentário em baixo, ou carregando aqui 
Beata Teresa de Calcutá : «Eu sou o pão da vida. Quem vem a Mim não mais terá fome»

Livro de Êxodo 16,2-4.12-15.

Naqueles dias, toda a comunidade dos filhos de Israel murmurou contra Moisés e Aarão no deserto. 
Os filhos de Israel disseram-lhes: «Quem dera que tivéssemos morrido pela mão do Senhor na terra do Egipto, quando estávamos descansados junto da panela de carne, quando comíamos com fartura! Mas vós fizestes-nos sair para este deserto para fazer morrer de fome toda esta assembleia!» 
O Senhor disse a Moisés: «Eis que vou fazer chover do céu pão para vós. O povo sairá e recolherá em cada dia a porção de um dia. Isto é para o pôr à prova e ver se andará, ou não, na minha lei. 
«Ouvi as murmurações dos filhos de Israel. Fala-lhes, dizendo: ‘Ao crepúsculo comereis carne, e pela manhã saciar-vos-eis de pão, e conhecereis que Eu sou o Senhor, vosso Deus.’» 
À tardinha caíram tantas codornizes que cobriram o acampamento, e pela manhã havia uma camada de orvalho ao redor do acampamento. 
A camada de orvalho levantou, e eis que à superfície do deserto havia uma substância fina e granulosa, fina como geada sobre a terra. 
Os filhos de Israel viram e disseram uns aos outros: «Que é isto?», pois não sabiam o que era aquilo. Disse-lhes Moisés: «Isto é o pão que o Senhor vos deu para comer. 


Carta aos Efésios 4,17.20-24.

Irmãos: É isto, pois, o que digo e recomendo no Senhor: não volteis a proceder como procedem os gentios, no vazio da sua mente; 
Vós, porém, não foi assim que aprendestes, ao conhecerdes a Cristo, 
supondo que dele ouvistes falar e nele fostes instruídos, conforme a verdade que está em Jesus: 
que deveis, no que toca à conduta de outrora, despir-vos do homem velho, corrompido por desejos enganadores; 
que vos deveis renovar pela transformação do Espírito que anima a vossa mente; 
e que deveis revestir-vos do homem novo, que foi criado em conformidade com Deus, na justiça e na santidade, próprias da verdade. 


Evangelho segundo S. João 6,24-35.

Naquele tempo, quando a multidão viu que nem Jesus nem os seus discípulos estavam ali, a multidão subiu para os barcos e foi para Cafarnaúm à procura de Jesus. 
Ao encontrá-lo no outro lado do lago, perguntaram-lhe: «Rabi, quando chegaste cá?» 
Jesus respondeu-lhes: «Em verdade, em verdade vos digo: vós procurais-me, não por terdes visto sinais miraculosos, mas porque comestes dos pães e vos saciastes. 
Trabalhai, não pelo alimento que desaparece, mas pelo alimento que perdura e dá a vida eterna, e que o Filho do Homem vos dará; pois a este é que Deus, o Pai, confirma com o seu selo.» 
Disseram-lhe, então: «Que havemos nós de fazer para realizar as obras de Deus?» 
Jesus respondeu-lhes: «A obra de Deus é esta: crer naquele que Ele enviou.» 
Eles replicaram: «Que sinal realizas Tu, então, para nós vermos e crermos em ti? Que obra realizas Tu? 
Os nossos pais comeram o maná no deserto, conforme está escrito: Ele deu-lhes a comer o pão vindo do Céu.» 
E Jesus respondeu-lhes: «Em verdade, em verdade vos digo: Não foi Moisés que vos deu o pão do Céu, mas é o meu Pai quem vos dá o verdadeiro pão do Céu, 
pois o pão de Deus é aquele que desce do Céu e dá a vida ao mundo.» 
Disseram-lhe então: «Senhor, dá-nos sempre desse pão!» 
Respondeu-lhes Jesus: «Eu sou o pão da vida. Quem vem a mim não mais terá fome e quem crê em mim jamais terá sede. 



Da Bíblia Sagrada - Edição dos Franciscanos Capuchinhos - www.capuchinhos.org 



Comentário ao Evangelho do dia feito por : 

Beata Teresa de Calcutá (1910-1997), fundadora das Irmãs Missionárias da Caridade 
«The Word To Be Spoken», cap. 6 

«Eu sou o pão da vida. Quem vem a Mim não mais terá fome»

Nas Escrituras, quando se fala da ternura de Deus pelo mundo, lemos que «tanto amou Deus o mundo, que lhe entregou o Seu Filho Unigénito» Jesus (Jo 3,16), para ser como nós e nos trazer a boa nova de que Deus é amor, de que Deus vos ama e me ama. Deus quer que nos amemos uns aos outros como Ele ama cada um de nós (cf Jo 13,34).


Sabemos todos, olhando a cruz, até onde Jesus nos amou. Quando olhamos a eucaristia, sabemos quanto nos ama agora. Foi por isso que Se fez «pão de vida» a fim de satisfazer a nossa fome do Seu amor; e depois, como se não bastasse, tornou-Se Ele próprio o faminto, o indigente, o sem abrigo, para que vós e eu pudéssemos satisfazer a Sua fome do nosso amor humano. Porque foi para isso que fomos criados, para amar e ser amados.

publicado por portucalia às 14:23

Agosto 04 2012

STF julga mensalão, 2º dia: procurador-geral pede condenação de 36 réus

Flávia D’Angelo, de O Estado de S.Paulo

Citando o trecho de uma música de Chico Buarque, que faz referência à época do regime militar, o procurador-geral da República Roberto Gurgel encerrou, em pouco mais de 5 horas, a sua sustentação oral sobre o processo da Ação Penal 470, o mensalão. Ele pediu a condenação de 36 réus, exceto a de Luiz Gushiken e Antônio Lamas. Gurgel também declarou a favor da expedição de mandado de prisão a todos os envolvidos. “Altas autoridades públicas devem seguir de paradigmas para a sociedade. Seus atos para o bem e para o mal têm efeito pedagógico”.

Para Gurgel, “esse foi o mais atrevido caso de corrupção e desvio de recursos no Brasil com o objetivo de comprar parlamentares”. “Os crimes se passavam entre 4 paredes, mas não paredes comuns, e sim do Palácio do governo”, pontuou.

Durante a leitura da denúncia da Procuradoria, Gurgel citou o papel de todos os envolvidos e disse que José Dirceu foi o mentor do caso e Marcos Valério, o executor. Já Delúbio Soares, para ele, era o elo entre o núcleo político e o publicitário. “Coube a ele indicar os valores e o nome dos beneficiários”.

Gurgel citou todos os valores pagos pelo esquema e pontuou todos os crimes pelos quais os réus são acusados para justificar o pedido de condenação. Depois de sua fala, o advogado de Marcos Valério tomou o microfone e pediu uma questão de ordem para que ele pudesse proferir a defesa de seu cliente por duas horas. “O nome dele foi citado 197 vezes”, argumentou. O presidente da sessão, o ministro Carlos Ayres Britto negou o pedido.

publicado por portucalia às 14:30

Agosto 04 2012

Sabado, dia 04 de Agosto de 2012

Sábado da 17ª semana do Tempo Comum


Santo do dia : S. João Maria Vianney, presbítero, +1859 

Ver comentário em baixo, ou carregando aqui 
Catecismo da Igreja Católica: O martírio de João Baptista, testemunha da verdade 

Livro de Jeremias 26,11-16.24.

Naqueles dias, os sacerdotes e os profetas falaram aos príncipes e à multidão: «Este homem merece a morte porque profetizou contra esta cidade, como todos vós ouvistes.»
Jeremias, porém, respondeu aos príncipes e ao povo: «Foi o Senhor que me enviou a profetizar contra este templo e contra esta cidade os oráculos que ouvistes. 
Reformai, portanto, a vossa vida e as vossas obras, ouvi a palavra do Senhor, vosso Deus, e o Senhor afastará de vós o mal com que vos ameaça. 
Quanto a mim, entrego-me nas vossas mãos. Fazei de mim o que quiserdes e o que melhor vos parecer. 
Sabei, porém, que, se me condenardes à morte, sereis responsáveis pelo sangue inocente, assim como esta cidade e os seus habitantes porque, na verdade, foi o Senhor que me enviou para vos transmitir estes oráculos.» 
Então, os príncipes e a multidão disseram aos sacerdotes e aos profetas: «Este homem não merece a morte! Foi em nome do Senhor, nosso Deus, que nos falou.» 
Quanto a Jeremias, ele gozava da protecção de Aicam, filho de Chafan, para que não fosse entregue nas mãos do povo a fim de ser condenado à morte. 


Evangelho segundo S. Mateus 14,1-12.

Por aquele tempo, a fama de Jesus chegou aos ouvidos de Herodes, o tetrarca, 
e ele disse aos seus cortesãos: «Esse homem é João Baptista! Ressuscitou dos mortos e, por isso, se manifestam nele tais poderes miraculosos.» 
De facto, Herodes tinha prendido João, algemara-o e metera-o na prisão, por causa de Herodíade, mulher de seu irmão Filipe. 
Porque João dizia-lhe: «Não te é lícito possuí-la.» 
Quisera mesmo dar-lhe a morte, mas teve medo do povo, que o considerava um profeta.
Ora, quando Herodes festejou o seu aniversário, a filha de Herodíade dançou perante os convidados e agradou a Herodes, 
pelo que ele se comprometeu, sob juramento, a dar lhe o que ela lhe pedisse. 
Induzida pela mãe, respondeu: «Dá-me, aqui num prato, a cabeça de João Baptista.» 
O rei ficou triste, mas, devido ao juramento e aos convidados, ordenou que lha trouxessem 
e mandou decapitar João Baptista na prisão. 
Trouxeram, num prato, a cabeça de João e deram-na à jovem, que a levou à sua mãe. 
Os discípulos de João vieram buscar o corpo e sepultaram-no; depois, foram dar a notícia a Jesus. 



Da Bíblia Sagrada - Edição dos Franciscanos Capuchinhos - www.capuchinhos.org 



Comentário ao Evangelho do dia feito por : 

Catecismo da Igreja Católica 
§§ 2471-2474 

O martírio de João Baptista, testemunha da verdade

Diante de Pilatos, Cristo proclama que «veio ao mundo para dar testemunho da verdade» (Jo 18,37). O cristão não deve «envergonhar-se de dar testemunho do Senhor» (2 Tm 1, 8). Em situações que exigem a confissão da fé, o cristão deve professá-la sem equívoco, conforme o exemplo de São Paulo diante dos seus juízes. É preciso guardar «uma consciência irrepreensível diante de Deus e dos homens» (Act 24, 16).


O dever que os cristãos têm de tomar parte na vida da Igreja leva-os a agir como testemunhas do Evangelho e das obrigações que dele dimanam. Este testemunho é a transmissão da fé por palavras e obras. O testemunho é um acto de justiça que estabelece ou que dá a conhecer a verdade: «Todos os fiéis cristãos, onde quer que vivam, têm obrigação de manifestar, pelo exemplo da vida e pelo testemunho da palavra, o homem novo de que se revestiram pelo Baptismo e a virtude do Espírito Santo, com que foram robustecidos na Confirmação» (Vaticano II).


O martírio é o supremo testemunho dado em favor da verdade da fé; designa um testemunho que vai até à morte. O mártir dá testemunho de Cristo morto e ressuscitado, ao qual está unido pela caridade. Dá testemunho da verdade da fé e da doutrina cristã. Suporta a morte com um acto de fortaleza. [...] A Igreja recolheu com o maior cuidado as memórias daqueles que foram até ao fim na confissão da sua fé. São as Actas dos Mártires, as quais constituem arquivos da verdade escritos com letras de sangue [...]: «Eu Te bendigo por me teres julgado digno deste dia e desta hora, digno de ser contado no número dos Teus mártires [...]. Tu cumpriste a Tua promessa, Deus da fidelidade e da verdade. Por esta graça e por tudo, eu Te louvo e Te bendigo; eu Te glorifico pelo eterno e celeste Sumo-Sacerdote Jesus Cristo, Teu Filho muito-amado» (São Policarpo).

publicado por portucalia às 14:21

Agosto 02 2012

1956
Morre Albert Woolson, de 109 anos, último sobrevivente do exército da União na guerra de Secessão.
1957
Morre Lasar Segall, pintor brasileiro nascido na Lituânia.
1965
O BID anuncia investimentos de mais de cem milhões de dólares no Brasil em 1965.
1971
Os EUA anunciam o apoio ao ingresso da República Popular da China na ONU e a oposição à expulsão de Formosa.
1978
O brasileiro César Lattes é premiado pela OEA com o Prêmio de Ciências Bernardo Houssay de 1978.
1980
Atentado a bomba mata 78 pessoas e deixa 150 feridos na estação ferroviária central de Bolonha.
1988
O Brasil se compromete a comprar gás boliviano, sem no entanto investir na construção de gasoduto.
1990
Soldados e tanques iraquianos cruzam a fronteira com o Kuwait e rapidamente assumem o controle do país.
1999
A China anuncia que testaria um novo míssil terra-terra com alcance de 8.000km.
2000
Segundo um estudo publicado no British Medical Journal, cem milhões de pessoas morreram no século XX devido ao fumo.
2001
O ex-general Radislav Krstic, responsável pelo massacre de milhares de muçulmanos na Bósnia, em 1995, é condenado a 46 anos de prisão.
publicado por portucalia às 16:14

PORTUCÁLIA é um blog que demonstra para os nossos irmãos portugueses como o governo brasileiro é corrupto. Não se iludam com o sr. Lula.Textos literários e até poesia serão buscados em vários autores.
mais sobre mim
Agosto 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9

13
15

19
20
22
23

26
27


pesquisar
 
subscrever feeds
blogs SAPO