PORTUCÁLIA

Julho 23 2012

Cinquenta membros de uma igreja no norte da Nigéria foram queimados vivos na casa do pastor.

O ataque, realizado por homens armados, foi apenas o primeiro de uma onda de violência que se espalhou por 12 vilas e deixou mais de 100 mortos no estado nigeriano de Plateau, região que anteriormente estava fora da área de atuação do grupo islâmico terrorista Boko Haram e é a terra natal da etnia fula, majoritariamente islâmica.

Apesar disso, o Boko Haram assumiu responsabilidade pelos ataques e prometeu mais violência.

O porta-voz americano da Missão Portas Abertas, Jerry Dykstra, alerta que a recente onda de ataques está rapidamente se transformando em um funesto campo de batalha religioso, onde o Boko Haram declara que os cristãos devem se converter... ou morrer.

publicado por portucalia às 18:49

Julho 23 2012

Segunda-feira, dia 23 de Julho de 2012

Santa Brígida


Santo do dia : Santa Brígida, religiosa, patrona da Europa, +1373 

Ver comentário em baixo, ou carregando aqui 
Papa Bento XVI: Santa Brígida e a Igreja doméstica 

Carta aos Gálatas 2,19-20.

Irmãos: É que eu pela Lei morri para a Lei, a fim de viver para Deus. Estou crucificado com Cristo. 
Já não sou eu que vivo, mas é Cristo que vive em mim. E a vida que agora tenho na carne, vivo-a na fé do Filho de Deus que me amou e a si mesmo se entregou por mim. 


Evangelho segundo S. João 15,1-8.

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: «Eu sou a videira verdadeira e o meu Pai é o agricultor. 
Ele corta todo o ramo que não dá fruto em mim e poda o que dá fruto, para que dê mais fruto ainda. 
Vós já estais purificados pela palavra que vos tenho anunciado. 
Permanecei em mim, que Eu permaneço em vós. Tal como o ramo não pode dar fruto por si mesmo, mas só permanecendo na videira, assim também acontecerá convosco, se não permanecerdes em mim. 
Eu sou a videira; vós, os ramos. Quem permanece em mim e Eu nele, esse dá muito fruto, pois, sem mim, nada podeis fazer. 
Se alguém não permanece em mim, é lançado fora, como um ramo, e seca. Esses são apanhados e lançados ao fogo, e ardem. 
Se permanecerdes em mim e as minhas palavras permanecerem em vós, pedi o que quiserdes, e assim vos acontecerá. 
Nisto se manifesta a glória do meu Pai: em que deis muito fruto e vos comporteis como meus discípulos.» 



Da Bíblia Sagrada - Edição dos Franciscanos Capuchinhos - www.capuchinhos.org 



Comentário ao Evangelho do dia feito por : 

Papa Bento XVI 
Audiência geral de 27/10/2010 

Santa Brígida e a Igreja doméstica

O primeiro período na vida desta santa foi caracterizado pelo seu casamento feliz. O marido chamava-se Ulf e governava um importante território do Reino da Suécia. O casamento durou vinte e oito anos, até à morte de Ulf. Deste casamento nasceram oito filhos, a segunda dos quais, Catarina, é venerada como santa. Eis um sinal eloquente do empenho educativo de Brígida para com os seus filhos. [...]


Brígida, que tinha direcção espiritual com um religioso erudito que a introduziu no estudo das Escrituras, exerceu uma influência muito positiva naquela família que, graças à sua presença, se tornou uma verdadeira «Igreja Doméstica». Juntamente com o marido, adoptou a Regra dos Terciários franciscanos. Praticava generosamente obras de caridade em prol dos pobres, e fundou um hospital. Com a esposa, Ulf aprendeu a melhorar o seu carácter e a progredir na vida cristã. No regresso de uma longa peregrinação a Santiago de Compostela [...], o casal decidiu viver na abstinência; mas, pouco tempo depois, na paz de um mosteiro para onde se tinha retirado, Ulf terminou a sua vida terrena.


Este primeiro período da vida de Brígida ajuda-nos a apreciar o que poderíamos definir hoje como uma verdadeira «espiritualidade conjugal»: em conjunto, os dois elementos de um casal cristão podem percorrer um caminho de santidade, apoiados na graça do sacramento do matrimónio. Muitas vezes, como foi o caso da vida de Santa Brígida e de Ulf, é a mulher que, com a sua sensibilidade religiosa, a sua delicadeza e a sua doçura, consegue levar o marido a percorrer um caminho de fé. Penso reconhecidamente em muitas mulheres que também hoje iluminam, dia após dia, as suas famílias com o seu testemunho de vida cristã. Que o Espírito do Senhor possa suscitar, também nos nossos tempos, a santidade dos casais cristãos, para mostrar ao mundo a beleza do casamento vivido segundo os valores do Evangelho: o amor, a ternura, a ajuda recíproca, a fecundidade na geração e educação dos filhos, a abertura e a solidariedade para com o mundo, a participação na vida da Igreja.

publicado por portucalia às 13:57

Julho 22 2012

Homem vê assalto em cruzamento e mata dois bandidos na zona sul de São Paulo

Motoqueiro desconhecido viu a abordagem dos assaltantes à vítima que estava com um bebê no carro e atirou nos dois assaltantes. O terceiro foi detido

Agência Estado | 21/07/2012 08:18:15

Agência Estado

Dois assaltantes morreram e um foi detido por volta das 20h45 de sexta-feira, dia 20, ao tentarem render uma motorista, que estava em um Honda CR-V branco na esquina da Avenida Washington Luís com a Avenida Nossa Senhora do Sabará, no bairro do Campo Grande, região de Santo Amaro, zona sul da capital paulista.

 

Com o bebê de três meses no carro, a vítima foi abordada pelo trio e chegou a sair do carro. Os criminosos só não conseguiram entrar no veículo porque um desconhecido, em uma moto, utilizando jaqueta preta e capacete vermelho, testemunhou a ação e atirou contra eles.

Dois dos bandidos morreram no local. O terceiro fugiu a pé, mas foi detido minutos depois por uma viatura da polícia, que já se deslocava até o endereço do tiroteio. Um dos disparos atingiu o para-brisa do carro, mas nem a motorista nem o bebê ficaram feridos. Uma arma de brinquedo, que estaria em poder do trio, foi encontrada ao lado dos corpos. A ocorrência foi encaminhada ao 11º Distrito Policial, de Santo Amaro.

publicado por portucalia às 16:34

Julho 22 2012

Homem vê assalto em cruzamento e mata dois bandidos na zona sul de São Paulo

Motoqueiro desconhecido viu a abordagem dos assaltantes à vítima que estava com um bebê no carro e atirou nos dois assaltantes. O terceiro foi detido

Agência Estado | 21/07/2012 08:18:15

Agência Estado

Dois assaltantes morreram e um foi detido por volta das 20h45 de sexta-feira, dia 20, ao tentarem render uma motorista, que estava em um Honda CR-V branco na esquina da Avenida Washington Luís com a Avenida Nossa Senhora do Sabará, no bairro do Campo Grande, região de Santo Amaro, zona sul da capital paulista.

 

Com o bebê de três meses no carro, a vítima foi abordada pelo trio e chegou a sair do carro. Os criminosos só não conseguiram entrar no veículo porque um desconhecido, em uma moto, utilizando jaqueta preta e capacete vermelho, testemunhou a ação e atirou contra eles.

Dois dos bandidos morreram no local. O terceiro fugiu a pé, mas foi detido minutos depois por uma viatura da polícia, que já se deslocava até o endereço do tiroteio. Um dos disparos atingiu o para-brisa do carro, mas nem a motorista nem o bebê ficaram feridos. Uma arma de brinquedo, que estaria em poder do trio, foi encontrada ao lado dos corpos. A ocorrência foi encaminhada ao 11º Distrito Policial, de Santo Amaro.

publicado por portucalia às 16:32

Julho 22 2012

Domingo, dia 22 de Julho de 2012

16º Domingo do Tempo Comum - Ano B


Festa da Igreja : Décimo Sexto Domingo do Tempo Comum (semana IV do saltério)
Santo do dia : Santa Maria Madalena, penitente 

Ver comentário em baixo, ou carregando aqui 
São Clemente de Alexandria : «Teve compaixão deles, por eram como ovelhas sem pastor» 

Livro de Jeremias 23,1-6.

Diz o Senhor: «Ai dos pastores que dispersam e extraviam o rebanho das minhas pastagens!» 
Pois assim fala o Senhor, Deus de Israel, aos pastores que apascentam o meu povo: «Dispersastes as minhas ovelhas, afugentaste-las e não vos ocupastes delas. Por isso, Eu vou ocupar-me de vós, pedir-vos contas do vosso mau procedimento – oráculo do Senhor. 
Reunirei o que restar das minhas ovelhas espalhadas pelas terras em que as exilei, e fá-las-ei voltar às suas pastagens, onde crescerão e se multiplicarão. 
Dar-lhes-ei pastores que as apascentarão, de sorte que não terão medo nem sobressalto e nenhuma delas se perderá –oráculo do Senhor. 
Dias virão em que farei brotar de David um rebento justo que será rei, governará com sabedoria e exercerá no país o direito e a justiça – oráculo do Senhor. 
Nos seus dias, Judá será salvo e Israel viverá em segurança. Então será este o seu nome: ‘O Senhor – é – nossa – Justiça!’ 


Carta aos Efésios 2,13-18.

Irmãos: Foi em Cristo Jesus que vós, que outrora estáveis longe de Deus, estais agora perto, graças ao sangue de Cristo. 
Com efeito, Ele é a nossa paz, Ele que, dos dois povos, fez um só e destruiu o muro de separação, a inimizade: na sua carne, 
anulou a lei, que contém os mandamentos em forma de prescrições, para, a partir do judeu e do pagão, criar em si próprio um só homem novo, fazendo a paz, 
e para os reconciliar com Deus, num só Corpo, por meio da cruz, matando assim a inimizade. 
E, na sua vinda, anunciou a paz a vós que estáveis longe e paz àqueles que estavam perto. 
Porque, é por Ele que uns e outros, num só Espírito, temos acesso ao Pai. 


Evangelho segundo S. Marcos 6,30-34.

Naquele tempo, os Apóstolos reuniram-se a Jesus e contaram-lhe tudo o que tinham feito e ensinado. 
Disse-lhes, então: «Vinde, retiremo-nos para um lugar deserto e descansai um pouco.» Porque eram tantos os que iam e vinham, que nem tinham tempo para comer. 
Foram, pois, no barco, para um lugar isolado, sem mais ninguém. 
Ao vê-los afastar, muitos perceberam para onde iam; e de todas as cidades acorreram, a pé, àquele lugar, e chegaram primeiro que eles. 
Ao desembarcar, Jesus viu uma grande multidão e teve compaixão deles, porque eram como ove-lhas sem pastor. Começou, então, a ensinar-lhes muitas coisas. 



Da Bíblia Sagrada - Edição dos Franciscanos Capuchinhos - www.capuchinhos.org 



Comentário ao Evangelho do dia feito por : 

São Clemente de Alexandria (150-c. 215), teólogo 
Pedagogo, I, 9; SC 70 

«Teve compaixão deles, por eram como ovelhas sem pastor»

Salvar é um acto de bondade. «A misericórdia divina estende-se a todo o ser vivo: repreende, corrige, ensina e reconduz, como pastor, o seu rebanho. Ele Se compadece daqueles que recebem os Seus ensinamentos, e dos que se apressam a cumprir os Seus preceitos» (Sir18,13ss). [...]


Os sãos não têm necessidade do médico enquanto estiverem bem; os doentes, pelo contrário, recorrem à sua arte. Da mesma maneira, nesta vida, nós estamos doentes pelos nossos desejos censuráveis, pelas nossas intemperanças [...] e outras paixões: temos necessidade de um Salvador. [...] Nós, os doentes, temos necessidade do Salvador; extraviados, necessitamos de quem nos guie; cegos, de quem nos dê luz; sedentos, da fonte de água viva, porque «quem beber da água que Eu lhe der nunca mais terá sede» (Jo 4,14). Mortos, precisamos da vida; rebanho, do pastor; crianças, de um educador: sim, toda a humanidade tem necessidade de Jesus. [...]


«Cuidarei da que está ferida e tratarei da que está doente. Vigiarei sobre a que está gorda e forte. A todas apascentarei com justiça» (Ez 34,16). Tal é a promessa do bom pastor, que nos apascenta como a um rebanho, a nós que somos pequeninos. Mestre, dá-nos com abundância o Teu pasto, que é a justiça! Sê o nosso pastor e conduz-nos até à Tua montanha santa, até à Igreja que se eleva, que domina as nuvens, que toca os céus. «Eis que Eu mesmo cuidarei das Minhas ovelhas e me interessarei por elas» (cf Ez 34). [...] «Eu não vim para ser servido mas para servir». É por isso que o Evangelho O mostra cansado, Ele que se afadiga por nós e que promete «dar a Sua vida para resgatar a multidão» (Jo 4,5; Mt 20,28).

publicado por portucalia às 16:19

Julho 19 2012

 

Visão De Quasar 2 Milhões De Vezes Mais Fina Que A Visão Humana Causa Espanto Na Comunidade Cientifica Mundial

Visão de Quasar 2 milhões de vezes mais fina que a visão humana causa espanto na comunidade cientifica mundial - FOTO ESO/DIVULGAÇÃO

Observação foi feita a de 3 localidades, em 2 países. o Quasar foi observado com nitidez 2 milhões de vezes mais fina que a visão do homem.
Uma equipe internacional de astrônomos conseguiu observar o coração de um quasar distante com nitidez sem precedentes, equivalente a dois milhões de vezes mais finas do que a visão humana. As observações foram feitas por meio de uma ligação do telescópio do Atacama Pathfinder Experiment (APEX) para os outros dois em diferentes continentes e pela primeira vez consegue-se uma imagem tão nítida. Esse é um passo crucial em direção à meta dramática científica do projeto “Event Horizon Telescope”, à saber, imagem dos buracos negros supermassivos no centro de nossa galáxia e outros.

A ligação foi feita a partir dos astrônomos ligados APEX, no Chile, ao Submillimeter Array (SMA), no Havaí, EUA, e do telescópio Submillimeter (SMT) que fica no Arizona, EUA. Com isso foram capazes de fazer a nítida observação direta e nítida, do centro de uma galáxia distante, o quasar 3C 279, que contém um buraco negro supermassivo com uma massa cerca de um bilhão de vezes a do Sol, e está tão longe da Terra que sua luz levou mais de 5 bilhões de anos para chegar até nós. APEX é uma colaboração entre o Instituto Max Planck de Radio Astronomia (MPIfR), o Observatório Espacial Onsala (OSO) e ESO, sendo que o APEX é operado pelo ESO.

Entenda como foram interligados os telescópios

Os telescópios foram ligadas usando uma técnica conhecida como interferometria Very Long Baseline (VLBI). Telescópios maiores podem fazer observações mais nítidas, e interferometria permite telescópios múltiplos para agirem como um único telescópio. Usando VLBI, as maiores observações podem ser conseguidas fazendo a separação entre telescópios tão grandes quanto se pode imaginar. Para suas observações dos quasares, a equipe usou os três telescópios para criar um interferômetro com comprimentos de base transcontinentais de 9447 km do Chile para o Havaí, 7174 km do Chile para o Arizona e 4627 km do Arizona para o Havaí. Conectando APEX no Chile a rede foi fundamental, pois contribuiu com as maiores linhas de base e uma das maiores descobertas já feitas pelos astrônomos.

As observações foram feitas em ondas de rádio com um comprimento de onda de 1,3 milímetros.
As observações conseguiram uma nitidez ou resolução angular, de apenas 28 microssegundos de arco – cerca de 8 bilionésimos de grau. Isto representa a capacidade de distinguir detalhes incríveis dois milhões de vezes mais nítidas do que a visão humana. Observações tão refinadas podem visualizar escalas de menos de um ano-luz em todo o quasar – um feito notável para um alvo que tem bilhões de anos-luz de distância.

As observações representam um novo marco para a imagem de buracos negros supermassivos e as regiões em torno deles. No futuro pretende-se conectar telescópios ainda mais poderosos para que dessa forma imagens mais distantes e nítidas possam ser capturadas. O poderoso Telescópio Event Horizon será capaz fazer de imagens da sombra do buraco negro supermassivo no centro da nossa galáxia Via Láctea, bem como outros em galáxias próximas. A sombra – uma região escura visto contra um fundo mais brilhante – é causada pelo desvio da luz pelo buraco negro, e seria a evidência direta da primeira observação de um buraco negro, partindo do princípio de que nem a luz pode escapar.

Hoje, este experimento marca a primeira vez que a APEX tem participação em observações VLBI, e é o fim de três anos de trabalho intenso da APEX, que fica há uma altitude do planalto de cerca de 5000 metros de Chajnantor, nos Andes Chilenos, onde a pressão atmosférica é a metade que ao do nível do mar. Cientistas da Alemanha e Suécia estão instalando novos sistemas digitais de aquisição de dados, um relógio atômico extremamente preciso e gravadores pressurizados de dados capazez de gravar 4 gigabits por segundo e por muitas horas mesmo sob rígidas condições ambientais. Os dados – 4 terabytes de cada telescópio – foram enviados para a Alemanha em discos rígidos e processados no Instituto Max Planck de Radio Astronomia, em Bonn.

O sucesso da APEX também é importante para compartilhar sua localização e também muitos aspectos da sua tecnologia com o novo telescópio Atacama Matriz Millimeter, o ALMA. O ALMA está em construção e, finalmente, composto por 54 elementos óticos com diâmetro de 12 metros mesmo APEX, além de 12 elementos menores, com um diâmetro de 7 metros. A possibilidade de se conectar à rede ALMA está sendo estudado atualmente. Isto colocaria a sombra do buraco supermassivo da Via Láctea ao alcance de observações futuras.

Fonte: ESO.ORG
Edição: William Camargo

publicado por portucalia às 20:52

Julho 19 2012

 

"Mais de 18.600 sírios entraram desde ontem [quarta-feira] através do posto fronteiriço de Masnaa, no leste do Líbano, e muitos são provenientes de Damasco e da sua província", disse à agência noticiosa francesa AFP, sob anonimato, um responsável dos serviços de segurança libaneses.

PCR.

publicado por portucalia às 20:45

Julho 19 2012

Quinta-feira, dia 19 de Julho de 2012

Quinta-feira da 15ª semana do Tempo Comum


Santo do dia : Santas Justa e Rufina, mártires, +287,  Santo Arsénio, eremita, +séc. V 

Ver comentário em baixo, ou carregando aqui 
Beata Teresa de Calcutá : «Aprendei de Mim porque sou manso e humilde de coração» 

Livro de Isaías 26,7-9.12.16-19.

O caminho do justo é recto; é o Senhor quem prepara o caminho do justo. 
Seguindo os caminhos dos teus desejos, SENHOR, esperamos em ti. E com que ansiedade pronunciamos o teu nome e nos lembramos de ti! 
A minha alma suspira por ti de noite, e do mais profundo do meu espírito, eu te procuro pela manhã, porque quando exerces sobre a terra os teus julgamentos, os habitantes do mundo aprendem a justiça. 
SENHOR, dá-nos a paz, porque és Tu que realizas todos os nossos empreendimentos. 
SENHOR, na tribulação, nós recorríamos a ti, quando a força do teu castigo nos abatia. 
Como a mulher grávida, prestes a dar à luz, se torce e grita nas suas dores, assim éramos nós na tua presença, SENHOR. 
Nós concebemos, sofremos dores de parto, e o que demos à luz foi vento. Não demos a salvação ao nosso país, nem nasceram novos habitantes na terra. 
Os teus mortos reviverão, os seus cadáveres ressuscitarão. Despertai e rejubilai vós que jazeis no sepulcro! Pois o teu orvalho é um orvalho de luz, que fará renascer os que não passavam de sombras. 


Evangelho segundo S. Mateus 11,28-30.

Naquele tempo, Jesus exclamou: «Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e Eu vos aliviarei. 
Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de mim, porque sou manso e humilde de coração e encontrareis descanso para o vosso espírito. 
Pois o meu jugo é suave e o meu fardo é leve.» 



Da Bíblia Sagrada - Edição dos Franciscanos Capuchinhos - www.capuchinhos.org 



Comentário ao Evangelho do dia feito por : 

Beata Teresa de Calcutá (1910-1997), fundadora das Irmãs Missionárias da Caridade 
No Greater Love, p. 53 

«Aprendei de Mim porque sou manso e humilde de coração»

Para nos tornarmos santos, precisamos de humildade e oração. Jesus ensinou-nos a rezar e também nos disse para aprendermos, seguindo o Seu exemplo, a ser mansos e humildes de coração. Só alcançaremos uma e outra coisa se soubermos o que é o silêncio. Tanto a humildade como a oração provêm de um ouvido, de uma inteligência e de uma língua que provaram o silêncio junto de Deus, pois Deus fala no silêncio do coração. Esforcemo-nos verdadeiramente por aprender a lição de santidade de Jesus, cujo coração era manso e humilde. A primeira lição dada por este coração é a de examinarmos a nossa consciência, sendo que o resto – amar, servir – surge logo a seguir. Este exame não é exclusivamente da nossa competência, mas releva de uma colaboração entre nós e Jesus. Não vale a pena perder tempo a contemplar inutilmente as nossas misérias; trata-se, isso sim, de elevar o coração a Deus e deixar que a Sua luz nos ilumine.


Se fores humilde, nada te afectará, nem a lisonja, nem a desgraça, pois saberás o que és. Se te repreenderem, não te sentirás desencorajado; e se alguém te disser que és santo, não te colocarás num pedestal. Se fores santo, agradece a Deus; se fores pecador, não te fiques por aí. Cristo diz-te para aspirares muito alto: não para seres como Abraão ou David, ou como qualquer outro santo, mas como o nosso Pai celeste (Mt 5,48). «Não fostes vós que Me escolhestes, fui Eu que vos escolhi» (Jo 15,16).

publicado por portucalia às 20:39

Julho 19 2012

 

Quarta-feira, dia 18 de Julho de 2012

Quarta-feira da 15ª semana do Tempo Comum


Santo do dia : Beato Bartolomeu dos Mártires, bispo, +1590 

Ver comentário em baixo, ou carregando aqui 
São João Crisóstomo : «E as revelaste aos pequeninos» 

Livro de Isaías 10,5-7.13-16.

Assim fala o Senhor: «Ai da Assíria, vara da minha cólera, o bastão das suas mãos é o bastão do meu furor! 
Eu o atirei contra uma nação ímpia, e o lancei contra o povo, objecto do meu furor, para o saquear e despojar e para o calcar aos pés como lama das ruas. 
Mas ele não entendeu assim, nem eram estes os planos do seu coração. O seu propósito era destruir e exterminar muitas nações. 
Realmente ele afirma: «Foi pela força da minha mão que fiz isto, com a minha sabedoria, porque sou inteligente. Mudei as fronteiras dos povos, saqueei os seus tesouros, como um herói derrubei toda aquela gente. 
Apanhei com a minha mão a riqueza dos povos, como quem recolhe os ovos deixados num ninho. Juntei a terra inteira e ninguém bateu as asas, nem abriu a boca para piar.» 
Acaso gloriar-se-á o machado contra quem o maneja? Ou levantar-se-á a serra contra o serrador? Um bastão não pode comandar um homem, é o homem que faz mover o bastão. 
Por isso, o Senhor DEUS do universo enfraquecerá com a doença aqueles guerreiros; debaixo do fígado acender-lhes-á uma febre como um fogo de incêndio. 


Evangelho segundo S. Mateus 11,25-27.

Naquele tempo, Jesus exclamou: «Eu Te bendigo, ó Pai, Senhor do Céu e da terra, porque escondeste estas verdades aos sábios e inteligentes e as revelaste aos pequeninos. 
Sim, ó Pai, porque isso foi do teu agrado. 
Tudo me foi entregue por meu Pai; e ninguém conhece o Filho senão o Pai, como ninguém conhece o Pai senão o Filho e aquele a quem o Filho o quiser revelar.» 



Da Bíblia Sagrada - Edição dos Franciscanos Capuchinhos - www.capuchinhos.org 



Comentário ao Evangelho do dia feito por : 

São João Crisóstomo (c. 345-407), presbítero de Antioquia, bispo de Constantinopla, doutor da Igreja 
Sermões sobre o Evangelho de S. Mateus, n°38, 1 

«E as revelaste aos pequeninos»

«Bendigo-Te, ó Pai, Senhor do Céu e da Terra, porque escondeste estas coisas aos sábios e aos entendidos.» Como? Regozijar-Se-á com a perda daqueles que não acreditam n'Ele? Nada disso: são admiráveis os desígnios do Senhor para a salvação dos homens! Quando eles se opõem à verdade, e se recusam a recebê-la, Deus nunca os contraria, deixa-os na sua vontade. A perdição em que caem leva-os a encontrar o caminho; entrando em si mesmos, procuram com ardor a graça da chamada à fé que num primeiro momento haviam desprezado. Quanto aos que continuaram fiéis, mais forte ainda se revela, então, o seu ardor. Cristo regozija-Se, portanto, por estas coisas serem reveladas a alguns, mas atormenta-Se por ficarem escondidas a outros; percebe-se bem que é assim quando, ao aproximar-Se da cidade, Ele chora sobre ela (Lc 19,41). No mesmo espírito, escreve São Paulo: «Demos graças a Deus: éreis escravos do pecado, mas obedecestes de coração ao ensino que vos foi transmitido como norma de vida» (Rm 6,17). 


A que sábios está Jesus a referir-Se? Aos escribas e aos fariseus. Diz isto para encorajar os discípulos, mostrando-lhes os privilégios de foram julgados dignos; os simples pescadores receberam as luzes que os sábios e os entendidos desdenharam. Sábios, estes são-no só de nome; crêem-se sábios mas não passam de falsos eruditos. É por isso que Cristo não diz: «Revelaste-as aos insensatos» mas «aos pequeninos», isto é, a pessoas simples e sem argúcia. [...] Ensina-nos assim a renunciar à loucura das grandezas e a procurar a simplicidade. São Paulo vai mais longe: «Se algum de entre vós se julga sábio à maneira deste mundo, torne-se louco para ser sábio» (1Co 3,18).

 

publicado por portucalia às 01:22

Julho 18 2012

Quarta-feira, dia 18 de Julho de 2012

Quarta-feira da 15ª semana do Tempo Comum


Santo do dia : Beato Bartolomeu dos Mártires, bispo, +1590 

Ver comentário em baixo, ou carregando aqui 
São João Crisóstomo : «E as revelaste aos pequeninos» 

Livro de Isaías 10,5-7.13-16.

Assim fala o Senhor: «Ai da Assíria, vara da minha cólera, o bastão das suas mãos é o bastão do meu furor! 
Eu o atirei contra uma nação ímpia, e o lancei contra o povo, objecto do meu furor, para o saquear e despojar e para o calcar aos pés como lama das ruas. 
Mas ele não entendeu assim, nem eram estes os planos do seu coração. O seu propósito era destruir e exterminar muitas nações. 
Realmente ele afirma: «Foi pela força da minha mão que fiz isto, com a minha sabedoria, porque sou inteligente. Mudei as fronteiras dos povos, saqueei os seus tesouros, como um herói derrubei toda aquela gente. 
Apanhei com a minha mão a riqueza dos povos, como quem recolhe os ovos deixados num ninho. Juntei a terra inteira e ninguém bateu as asas, nem abriu a boca para piar.» 
Acaso gloriar-se-á o machado contra quem o maneja? Ou levantar-se-á a serra contra o serrador? Um bastão não pode comandar um homem, é o homem que faz mover o bastão. 
Por isso, o Senhor DEUS do universo enfraquecerá com a doença aqueles guerreiros; debaixo do fígado acender-lhes-á uma febre como um fogo de incêndio. 


Evangelho segundo S. Mateus 11,25-27.

Naquele tempo, Jesus exclamou: «Eu Te bendigo, ó Pai, Senhor do Céu e da terra, porque escondeste estas verdades aos sábios e inteligentes e as revelaste aos pequeninos. 
Sim, ó Pai, porque isso foi do teu agrado. 
Tudo me foi entregue por meu Pai; e ninguém conhece o Filho senão o Pai, como ninguém conhece o Pai senão o Filho e aquele a quem o Filho o quiser revelar.» 



Da Bíblia Sagrada - Edição dos Franciscanos Capuchinhos - www.capuchinhos.org 



Comentário ao Evangelho do dia feito por : 

São João Crisóstomo (c. 345-407), presbítero de Antioquia, bispo de Constantinopla, doutor da Igreja 
Sermões sobre o Evangelho de S. Mateus, n°38, 1 

«E as revelaste aos pequeninos»

«Bendigo-Te, ó Pai, Senhor do Céu e da Terra, porque escondeste estas coisas aos sábios e aos entendidos.» Como? Regozijar-Se-á com a perda daqueles que não acreditam n'Ele? Nada disso: são admiráveis os desígnios do Senhor para a salvação dos homens! Quando eles se opõem à verdade, e se recusam a recebê-la, Deus nunca os contraria, deixa-os na sua vontade. A perdição em que caem leva-os a encontrar o caminho; entrando em si mesmos, procuram com ardor a graça da chamada à fé que num primeiro momento haviam desprezado. Quanto aos que continuaram fiéis, mais forte ainda se revela, então, o seu ardor. Cristo regozija-Se, portanto, por estas coisas serem reveladas a alguns, mas atormenta-Se por ficarem escondidas a outros; percebe-se bem que é assim quando, ao aproximar-Se da cidade, Ele chora sobre ela (Lc 19,41). No mesmo espírito, escreve São Paulo: «Demos graças a Deus: éreis escravos do pecado, mas obedecestes de coração ao ensino que vos foi transmitido como norma de vida» (Rm 6,17). 


A que sábios está Jesus a referir-Se? Aos escribas e aos fariseus. Diz isto para encorajar os discípulos, mostrando-lhes os privilégios de foram julgados dignos; os simples pescadores receberam as luzes que os sábios e os entendidos desdenharam. Sábios, estes são-no só de nome; crêem-se sábios mas não passam de falsos eruditos. É por isso que Cristo não diz: «Revelaste-as aos insensatos» mas «aos pequeninos», isto é, a pessoas simples e sem argúcia. [...] Ensina-nos assim a renunciar à loucura das grandezas e a procurar a simplicidade. São Paulo vai mais longe: «Se algum de entre vós se julga sábio à maneira deste mundo, torne-se louco para ser sábio» (1Co 3,18).

publicado por portucalia às 17:18

PORTUCÁLIA é um blog que demonstra para os nossos irmãos portugueses como o governo brasileiro é corrupto. Não se iludam com o sr. Lula.Textos literários e até poesia serão buscados em vários autores.
mais sobre mim
Julho 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
14

20
21

25



pesquisar
 
subscrever feeds
blogs SAPO