PORTUCÁLIA

Julho 08 2012

Vejam como o governo est´[a mais do que "bonzinho".  Tirou o IPI dos carros novos e o povão tá comprando carro que nem sabe direito como vai pagar as prestações.  Agpra o governo estuda um meio de diminuir a  taxa  da conta da eletricidade e  está recomwendando aos prefeitos das cidades m,édias que deiminua também a taxa da água e até do esgoto.  Tudo isto é muito  bom se fosse para sempre, mas e depois das eleições como será que  ficarão as contas da tal "nova classe  médiad! ? 

publicado por portucalia às 16:27

Julho 08 2012

A des­co­berta anun­ci­ada pelo Labo­ra­tó­rio Euro­peu de Física de Par­tí­cu­las foi des­crita como a demons­tra­ção expe­ri­men­tal da exis­tên­cia — pos­tu­lada em 1964, entre outros, pelo físico Peter Higgs –, de uma par­tí­cula que con­fere massa às outras par­tí­cu­las do mundo suba­tó­mico, per­mi­tindo expli­car, no qua­dro do cha­mado modelo-padrão da física con­tem­po­râ­nea, “por que é que a maté­ria existe”.

Sem pre­juízo da expli­ca­ção deste feito cien­tí­fico em ter­mos simul­ta­ne­a­mente rigo­ro­sos e aces­sí­veis — tanto quanto pos­sí­vel, dada a com­ple­xi­dade do tema — a lei­to­res menos ver­sa­dos nos con­cei­tos da física actual, o PÚBLICO, tal como outros órgãos de comu­ni­ca­ção, optou por descrevê-lo, em títu­los de maior impacto jor­na­lís­tico, como sendo a des­co­berta da “par­tí­cula de Deus”. “Sus­pense aumenta à espera das últi­mas notí­cias da par­tí­cula de Deus” foi o título esco­lhido para uma peça de ante­ci­pa­ção publi­cada na última terça-feira, vés­pera do anún­cio, no Público Online. E na capa da edi­ção impressa de quinta-feira escreveu-se: “A ‘par­tí­cula de Deus’ existe, mas a his­tó­ria não acaba aqui”.

A esco­lha dessa expres­são desa­gra­dou a alguns lei­to­res, que con­si­de­ra­ram ina­de­quada e sus­cep­tí­vel de más inter­pre­ta­ções a uti­li­za­ção de con­cei­tos estra­nhos à ciên­cia para qua­li­fi­car os resul­ta­dos obti­dos no ace­le­ra­dor de par­tí­cu­las ins­ta­lado nos arre­do­res de Gene­bra. O lei­tor Luís Mota classificou-a mesmo como uma “desig­na­ção (…) dema­gó­gica, sen­sa­ci­o­na­lista e/ou espe­cu­la­tiva, (…) que pouco terá a ver com bom jor­na­lismo”. Ques­ti­o­nando que a sua uti­li­za­ção tenha algum “suporte na comu­ni­dade cien­tí­fica”, sugere que possa ter sido deter­mi­nada pelo objec­tivo de “ori­gi­nar mai­o­res paran­go­nas”, ou mesmo por “razões da ordem do pro­se­li­tismo” (reli­gi­oso, presume-se).

publicado por portucalia às 16:20

Julho 08 2012

Domingo, dia 08 de Julho de 2012

14º Domingo do Tempo Comum - Ano B


Festa da Igreja : Décimo Quarto Domingo do Tempo Comum (semana II do Saltério)
Santo do dia : S. Gregório Grassi, bispo, e companheiros, mártires, +1900,  Santo Áquila e Santa Priscila, amigos de S. Paulo 

Ver comentário em baixo, ou carregando aqui 
Beato João XXIII : O Filho de Deus, carpinteiro na oficina de José 

Livro de Ezequiel 2,2-5.

Naqueles dias, o Espírito penetrou em mim, enquanto me falava, e mandou-me pôr de pé; e ouvia alguém que me chamava. 
Disse-me: "Filho de homem, vou enviar-te aos filhos de Israel, aos rebeldes, que se insurgiram contra mim. Eles e seus antepassados têm-se revoltado contra mim, até ao presente dia. 
Eles têm a cabeça dura e o coração obstinado; envio-te a eles, e deves dizer-lhes: 'Assim fala o Senhor DEUS.' 
E quer te escutem quer não, porque são uma raça de gente rebelde, saberão que há um profeta entre eles. 


2ª Carta aos Coríntios 12,7-10.

Irmãos: Para que a grandeza das revelações não me enchesse de orgulho, foi-me dado um espinho na carne, um anjo de Satanás, para me ferir, a fim de que não me orgulhasse. 
A esse respeito, três vezes pedi ao Senhor que o afastasse de mim. 
Mas Ele respondeu-me: «Basta-te a minha graça, porque a força manifesta-se na fraqueza.» De bom grado, portanto, prefiro gloriar-me nas minhas fraquezas, para que habite em mim a força de Cristo. 
Por isso me comprazo nas fraquezas, nas afrontas, nas necessidades, nas perseguições e nas angústias, por Cristo. Pois quando sou fraco, então é que sou forte. 


Evangelho segundo S. Marcos 6,1-6.

Naquele tempo, Jesus dirigiu-Se à sua terra e os discípulos seguiam-no. 
Chegado o sábado, começou a ensinar na sinagoga. Os numerosos ouvintes enchiam-se de espanto e diziam: «De onde é que isto lhe vem e que sabedoria é esta que lhe foi dada? Como se operam tão grandes milagres por suas mãos? 
Não é Ele o carpinteiro, o filho de Maria e irmão de Tiago, de José, de Judas e de Simão? E as suas irmãs não estão aqui entre nós?» E isto parecia-lhes escandaloso. 
Jesus disse-lhes: «Um profeta só é desprezado na sua pátria, entre os seus parentes e em sua casa.» 
E não pôde fazer ali milagre algum. Apenas curou alguns enfermos, impondo-lhes as mãos. 
Estava admirado com a falta de fé daquela gente. Jesus percorria as aldeias vizinhas a ensinar. 



Da Bíblia Sagrada - Edição dos Franciscanos Capuchinhos - www.capuchinhos.org 





Comentário ao Evangelho do dia feito por : 

Beato João XXIII (1881-1963), papa 
Mensagem radiofónica de 01/05/1960 

O Filho de Deus, carpinteiro na oficina de José

São José, guardião de Jesus, esposo castíssimo de Maria, que passaste a tua vida a cumprir o teu dever na perfeição, sustentando a Sagrada Família de Nazaré com o trabalho das tuas mãos, digna-te proteger aqueles que se voltam confiadamente para ti. Tu conheces as suas aspirações, as suas angústias, as suas esperanças; eles recorrem a ti porque sabem que em ti encontrarão alguém que os compreende e os protege. Também tu conheceste as provações, a fadiga, o cansaço; mas, mesmo no meio das preocupações da vida material, a tua alma, repleta da paz mais profunda, exultava com uma alegria inexprimível devido à intimidade com o Filho de Deus, confiado aos teus cuidados, e com Maria, Sua doce mãe.


Faz com que também aqueles que procuram a tua protecção compreendam que não estão sós no seu trabalho; que saibam descobrir Jesus a seu lado, acolhê-l'O com a graça, guardá-l'O fielmente como tu o fizeste. Faz com que em cada família, em cada oficina, em cada estaleiro, onde quer que trabalhe um cristão, todas as coisas sejam santificadas na caridade, na paciência, na justiça, na preocupação de fazer o bem, para que desçam sobre todos com abundância os dons do amor de Deus.

publicado por portucalia às 16:12

PORTUCÁLIA é um blog que demonstra para os nossos irmãos portugueses como o governo brasileiro é corrupto. Não se iludam com o sr. Lula.Textos literários e até poesia serão buscados em vários autores.
mais sobre mim
Julho 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
14

20
21

25



pesquisar
 
subscrever feeds
blogs SAPO