PORTUCÁLIA

Junho 30 2012

1520
Morre o imperador asteca Montezuma II, durante uma revolta contra os conquistadores espanhóis em Tenochtitlan.
1956
Moscou divulga testamento de Lenin, no qual recomendou que Stalin fosse removido da secretaria-geral do Partido Comunista Soviético.
1961
O rei Balduíno, da Bélgica, proclama em Leopoldville a independência da República do Congo.
1966
Iraque controla rebelião inspirada nas ideias do presidente egípcio Gamal Abdel Nasser, que pretendia derrubar o presidente Abdel Rahman Aref.
1971
Os cosmonautas soviéticos Georgi Dobrovolsky, Vladislav Volkov e Viktor Patsayev morrem ao voltar à Terra, devido a um problema de despressurização na nave Soiuz 11.
1971
Os jornais americanos, The New York Times e The Washington Post ganham na justiça o direito à publicação de documentos secretos do Pentágono.
1977
Chega ao fim a Organização do Tratado do Sudeste Asiático, liga de defesa regional, fundada em 1954 em resposta à expansão comunista na Ásia.
1980
Vigdis Finnbogadottir vence as eleições da Islândia, tornando-se a primeira mulher a ocupar a presidência da república em um país europeu.
1994
O ministro da Fazenda, Rubens Ricupero, anuncia a adoção do real como a nova moeda brasileira.
1995
O capitão do Exército Harley Alves, refém dos sérvios da Bósnia e Herzegovina juntamente com outros integrantes ONU por 27 dias, é recebido como herói em Belo Horizonte MG.
1998
A Câmara dos Deputados aprova o decreto legislativo ratificando a adesão brasileira ao tratado antinuclear, em vigor desde 1970.
2002
A seleção brasileira de futebol sagra-se pentacampeã mundial.
2009
AVIÃO DA YEMENIA AIR DESAPARECE NO OCEANO ÍNDICO COM 153 PESSOAS A BORDO.
publicado por portucalia às 14:42

Junho 30 2012

Nos Estados Unidos, após 13 anos de proibições, foi aprovada a utilização do medicamento Lorcaserina contra obesidade desenvolvido pela empresa Farmacêutica Arena. A FDA (Vigilância Sanitária dos EUA) aprovou a utilização do medicamento para auxiliar ao combate da obesidade no país por adultos com um índice de massa corporal (IMC) de 30 ou mais, que já é considerado como obesidade moderada e para adultos com IMC maior que 27 que é considerado sobrepeso.
Essa nova opção de tratamento através dessa droga ainda não vem para o Brasil “Não será uma revolução…Já existem outros medicamentos no mercado com um funcionamento semelhante. Mas é importante, porque será mais uma alternativa para os médicos.” diz Rosana Radominski, da Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica (Abeso).

publicado por portucalia às 14:30

Junho 30 2012

Sábado da 12ª semana do Tempo Comum


Santo do dia : Santos Protomártires da Igreja de Roma, 64-67,  S. Marçal, bispo, séc. III

Ver comentário em baixo, ou carregando aqui 
Catecismo da Igreja Católica : «Muitos virão do Oriente e do Ocidente sentar-se à mesa do banquete no Reino do Céu» 

Evangelho segundo S. Mateus 8,5-17.


Naquele tempo, ao entrar Jesus em Cafarnaúm, aproximou-se dele um centurião, suplicando nestes termos: 
«Senhor, o meu servo jaz em casa paralítico, sofrendo horrivelmente.» 
Disse-lhe Jesus: «Eu irei curá-lo.» 
Respondeu-lhe o centurião: «Senhor, eu não sou digno de que entres debaixo do meu tecto; mas diz uma só palavra e o meu servo será curado. 
Porque eu, que não passo de um subordinado, tenho soldados às minhas ordens e digo a um: 'Vai’, e ele vai; a outro: 'Vem’, e ele vem; e ao meu servo: 'Faz isto’, e ele faz.» 
Jesus, ao ouvi-lo, admirou-se e disse aos que o seguiam: «Em verdade vos digo: Não encontrei ninguém em Israel com tão grande fé! 
Digo-vos que, do Oriente e do Ocidente, muitos virão sentar-se à mesa do banquete com Abraão, Isaac e Jacob, no Reino do Céu, 
ao passo que os filhos do Reino serão lançados nas trevas exteriores, onde haverá choro e ranger de dentes.» 
Disse, então, Jesus ao centurião: «Vai, que tudo se faça conforme a tua fé.» Naquela mesma hora, o servo ficou curado. 
Entrando em casa de Pedro, Jesus viu que a sogra dele jazia no leito com febre. 
Tocou-lhe na mão, e a febre deixou-a. E ela, levantando-se, pôs-se a servi-lo. 
Ao entardecer, apresentaram-lhe muitos possessos; e Ele, com a sua palavra, expulsou os espíritos e curou todos os que estavam doentes, 
para que se cumprisse o que foi dito pelo profeta Isaías: Ele tomou as nossas enfermidades e carregou as nossas dores. 



Da Bíblia Sagrada - Edição dos Franciscanos Capuchinhos - www.capuchinhos.org 



Comentário ao Evangelho do dia feito por : 

Catecismo da Igreja Católica 
§§ 830-835 

«Muitos virão do Oriente e do Ocidente sentar-se à mesa do banquete no Reino do Céu»

A Igreja é católica: a palavra «católica» significa «universal» no sentido de «segundo a totalidade» ou «segundo a integralidade» «A Igreja é católica em duplo sentido: é católica porque nela Cristo está presente. 'Onde está Cristo Jesus, está a Igreja católica'.» (Santo Inácio de Antioquia); nela subsiste a plenitude do Corpo de Cristo unido à sua Cabeça (Ef 1,22-23). [...] Neste sentido fundamental, a Igreja era católica no dia de Pentecostes e sê-lo-á sempre, até o dia da Parusia.


Ela é católica porque é enviada em missão por Cristo à universalidade do género humano (Mt 28,19). «Todos os homens são chamados a pertencer ao novo Povo de Deus. Por isso este Povo, permanecendo uno e único, deve estender-se a todo o mundo e por todos os tempos, para que se cumpra o desígnio da vontade de Deus, que no início formou uma natureza humana e finalmente decretou congregar os Seus filhos que estavam dispersos». (Vaticano II, LG 13). [...]


Cada igreja particular é católica. [...] Essas Igrejas particulares «são formadas à imagem da Igreja universal; é nelas e a partir delas que existe a Igreja católica una e única» (LG 23). As Igrejas particulares são plenamente católicas pela comunhão com uma delas: a Igreja de Roma, «que preside à caridade» (Santo Inácio de Antioquia). «Pois com esta Igreja, em razão da sua origem mais excelente, deve necessariamente concordar cada Igreja, isto é, os fiéis de toda a parte» (Santo Ireneu). [...] A rica variedade de disciplinas eclesiásticas, de ritos litúrgicos, de patrimónios teológicos e espirituais próprios das Igrejas locais «mostra mais luminosamente a catolicidade da Igreja indivisa, devido à sua convergência na unidade» (LG 23).

publicado por portucalia às 14:21

Junho 29 2012
MENSAGEM DO EVANGELHO 29.06.2012

SÃO PEDRO E SÃO PAULO



Evangelho (Mt 16,13-19): Naquele tempo, Jesus foi à região de Cesaréia de Filipe e ali perguntou aos discípulos: «Quem é que as pessoas dizem ser o Filho do Homem?». Eles responderam: «Alguns dizem que és João Batista; outros, Elias; outros ainda, Jeremias ou algum dos profetas». «E vós», retomou Jesus, «quem dizeis que eu sou?». Simão Pedro respondeu: «Simão Pedro respondeu: Tu és o Cristo, o Filho de Deus vivo!Tu és o Cristo, o Filho do Deus vivo». Jesus então declarou: «Feliz és tu, Simão, filho de Jonas, porque não foi carne e sangue quem te revelou isso, mas o meu Pai que está no céu. Por isso, eu te digo: tu és Pedro, e sobre esta pedra construirei a minha Igreja, e as forças do Inferno não poderão vencê-la. Eu te darei as chaves do Reino dos Céus: tudo o que ligares na terra será ligado nos céus, e tudo o que desligares na terra será desligado nos céus». Palavra da Salvação.


REFLEXÃO


Hoje temos o prazer e a alegria de celebrar estes dois grandes apóstolos, que representam as verdadeiras colunas de nossa Igreja, e modelos de santidade para nossa espiritualidade cristã.

Ambos, por caminhos diferentes tiveram o privilégio de se comprometer de uma maneira radical, com a pessoa e a missão de Jesus Cristo. Pedro, o pescador por excelência, homem simples de atitudes bem duras, enquanto que Paulo, aquele judeu convicto de sua sabedoria; os dois tiveram a mesma sorte através do martírio, derramaram o seu sangue, que serviu como semente de novos cristãos.

Suas atitudes e palavras ficaram gravadas na história pelo testemunho autêntico de vida, e referenciais na construção do Reino que Jesus veio instaurar.

Pedro foi o primeiro a professar a fé em Jesus Cristo, e por isso, ELE fundou a sua Igreja na fragilidade humana, mas na firmeza desta fé, que se tornou a verdadeira rocha viva. Pedro soube muito bem conduzir os seus companheiros nesta caminhada, mostrando a sua fidelidade ao mestre, mesmo com suas limitações, falhas e fraquezas.

Parece até uma contradição, Jesus ter escolhido um simples pescador, homem do povo, que vivia o dia a dia do trabalho puxado e duro. Mas a sua coragem fazia a diferença na sua vida. E sobre esta base de fé que o Evangelho nos apresenta Jesus firmando toda a história da Igreja.

A profissão de fé de Pedro foi o resultado da revelação de Deus, assim como diz Jesus no Evangelho. Não foi a carne e o sangue que te revelou isto, mas meu Pai que está nos céus. Jamais o Apóstolo Pedro sabia quem era o Cristo, realmente foi obra da revelação do Pai. Podia até pensar como os outros afirmavam ser um dos profetas, mas a sua resposta foi fruto da vontade de Deus que lhe mostrou, e colocou a resposta em sua boca.

Pela fé de Pedro Jesus fundou a sua Igreja. Comunidade daqueles que seguem fielmente os passos e caminhos de Jesus. Sua presença viva de homens e mulheres que vivem o Evangelho.

Paulo, escolhido por Deus, na celebre estrada de Damasco, que ofuscou a sua visão, e desafiou para segui-lo e deixar de perseguir a Igreja. Ele soldado romano, obediente fiel as ordens imperiais, funcionava como verdadeiro carrasco de cristãos, passou daquele momento a seguir os caminhos do Senhor.

Paulo deu um ritmo diferente a Igreja, fundando e criando as comunidades cristãs através da pregação e da missão. Ao contrário de Pedro, Paulo ganhou o mundo missionário, aos pagãos e também a todos aqueles que desconheciam o projeto de Jesus libertador.

Espelhada no exemplo desses dois apóstolos a Igreja deve estar sempre a serviço do povo de Deus, sendo fiel a coragem de Pedro e o espírito missionário de Paulo, para que a Boa Nova do Reino possa chegar aos povos de todas as nações.

Quando professamos a nossa fé em Jesus Cristo, não significa simplesmente ser um seu admirador, e entusiasmado com sua Pessoa, mas acima de tudo, aceitar chamado para assumir a Missão Dele, vivendo o discipulado, comprometer-se com Ele, viver os seus ensinamentos, configurar-se a Ele!

Muitos, hoje, até que ficam anestesiados pelo magnitude  e grandeza da obra do Salvador, mas quando se trata de assumir os desafios que seu Evangelho propõe, preferimos ficar na nossa como se diz. A fé é compromisso que é preciso repartir, assim diz a música, em terras estranhas ou no nosso próprio lar.

É pela fé que reconhecemos em Jesus, o nosso Deus e Senhor, o que não é fruto do esforço humano, mas sim, dom de Deus para todos aqueles que se abrem a sua graça. Assim, como aconteceu com Pedro e com Paulo, acontece conosco também, quando abrimos o coração para Deus Ele age no mundo, através de nós.

O evangelho que a liturgia de hoje nos apresenta, chega até a nós, como um convite a tomarmos uma decisão mais séria deixando acontecer em nossas vidas o questionamento de Jesus feito aos seus discípulos. Afinal quem é Jesus para nós? Você saberia responder de pronto agora ou deixaria o tempo passar para fazer uma descoberta posterior?

Hoje, depois de tão grande prova de amor, não é mais necessário que Jesus nos faça indagações, para que possamos dar a Ele uma resposta de amor.

Façamos a nós mesmos a pergunta: “O que foi feito por mim para agradecer o amor maior de Jesus em minha vida”? Será que a minha resposta seria satisfatória ou encontraria desculpas para respondê-Lo?

Realmente, o espaço que encontraremos para responder aos apelos do Senhor será a vida do dia a dia que ensinará a minha adesão ao projeto de Jesus Cristo.

Pedro e Paulo são modelos de discípulos, missionários, com suas virtudes e fraquezas, mais sobre tudo, pelo seu amor e fidelidade a Jesus Cristo e a sua Igreja.
publicado por portucalia às 14:45

Junho 29 2012

Mas ai do Paraguaizinho, ai dele!, que ousa reagir depois que os sem-terra locais, vulgo carperos, protegidos pelo presidente, matam 7 policiais e 10 camponeses...


Quando um presidente que transgride a lei é destituído com base na Constituição, como Fernando Lugo no Paraguai ou Manuel Zelaya em Honduras, aqueles tão ou mais transgressores em seus países saem logo em sua defesa, vociferando contra o “golpe” e aplicando sanções.

É um show de ataque histérico preventivo, com o objetivo declarado de desencorajar ações do gênero no continente. O lema é: “Se eu faço o mesmo que ele por aqui, melhor defendê-lo lá, para evitar que façam comigo o que fizeram com ele.”

A manifestação de lealdade entre os transgressores da lei, principalmente quando agentes de uma mesma ideologia ou estratégia de poder continental, é, senão maior, mais imediata que a dos homens comuns, porque os primeiros, justamente em função do medo constante de serem pegos, têm um ímpeto de autopreservação muito mais alerta do que os segundos ante qualquer ameaça, por menor e mais indireta que seja.

Dilma, Correa, Morales, Kirchner e Chávez (que cortou o fornecimento de petróleo ao Paraguai) não precisaram ler aquele célebre poema do pastor Martin Niemöller para sair em defesa de cada vizinho antes que eles mesmos sejam levados pelas forças inimigas. Reconhecem à distância um risco às suas transgressões, porque sabem que seus inimigos são os reacionários que ignoram a imunidade ou o direito à impunidade que eles se arrogam, com a cumplicidade da imprensa sonsa ou de aluguel.

Nas Américas, Congresso bom é o comprado, e Judiciário bom é o que leva pelo menos 7 anos para julgar, como mostra o mensalão; de modo que, quando um amador como Lugo permite uma derrota tão rápida e fulminante (por 39 votos a 4 no Senado), os companheiros profissionais ficam enfurecidos, porque não dá nem tempo de enviar Lula para trocar uma palavrinha com os juízes responsáveis...

O continente é hoje um clubinho de socioditadores esquerdistas, dispostos, de todo modo, a retaliar, com bola preta no Mercosul e na Unasul, os países onde sua liderança criminosa esbarra na coragem de uns poucos vigilantes. Acusando-os de não darem a Lugo o direito de defesa (como se a celeridade do processo de impeachment, prevista na Constituição paraguaia, fosse prova de golpismo) e, ao mesmo tempo, negando-lhes este mesmo direito, eles seguem à risca, pela enésima vez, a máxima de Lênin: “Xingue-os do que você é, acuse-os do que você faz.”

O Brasil petista só respeita uma soberania: a ideológica - e não se mete em assuntos internos de outros países, desde que sejam países parceiros, claro. Não reclama de “ruptura democrática” nos pescoços dos homossexuais enforcados e exibidos em guindastes pelo governo do Irã, nem de “golpe de Estado” nas eleições fraudadas por Ahmadinejad; nem de “precedente perigoso” quando Correa e Chávez prendem, multam e exilam os jornalistas independentes do Equador e da Venezuela, fechando canais de TV; muito menos cobra “o devido processo legal” quando os irmãos Castro prendem dissidentes, deixam morrerem de fome, ou mandam fuzilar os que tentam fugir de sua ilha. (Ao contrário, dá a Raúl mais US$ 523 milhões em linha especial de crédito, elevando o financiamento brasileiro a Cuba para US$ 1,37 bilhão.)

Mas ai do Paraguaizinho, ai dele!, que ousa reagir depois que os sem-terra locais, vulgo carperos, protegidos pelo presidente, matam 7 policiais e 10 camponeses... Aí, pouco importa se os “compañero” infernizavam e expulsavam de sítios e fazendas até produtores rurais brasileiros, vulgo “brasiguaios”, com invasões e quebra-quebras - que Dilma, informada há muito tempo, preferiu ignorar -, e menos ainda se estes apoiam, aliviados, o novo governo. A regra petista é clara: ninguém tem o direito de interromper um massacre, nem aqui nem no Iraque.

Aqui, a não ser pela intervenção de uma oposição imaginária, ele de fato não será interrompido. Dilma e Lula nem precisam pedir moderação ao MST em invasões e quebra-quebras em Eldorado dos Carajás, no Pará, muito menos às Farc no fornecimento de drogas para o mercado da morte. O ímpeto de autopreservação do brasileiro é o mesmo do de um suicida em queda livre. No país dos 50 mil homicídios anuais, dos quais nem 10% são esclarecidos, não só não passa pela cabeça do povão e das elites que o PT, há 10 anos no poder, possa ter algo a ver com isso, como já vigora, na prática, senão o direito, ao menos a liberdade para matar.

Entre as vítimas, 17 a mais, 17 a menos, ninguém notaria a diferença.

 



publicado por portucalia às 14:06

Junho 29 2012

Os políticos, em sua grande maioria, não acreditam em Deus (Yaveh) e muito menos em seu filho Jesus Cristo. Por isto eles agem como se não existissem os 10 Mandamentos e desrespeitam todas as leis que foram dadas a Moisés no alto do Monte Sinai. Acham que Deus-Yaveh é exclusivamente um Deus de Amor e Perdão e deixam para a última hora para pedir perdão por uma vida de corrupção e mentiras. Se não acreditam em Deus-Yaveh muito menos acreditam no Demônio e na existência de um inferno onde suas almas imortais penarão por toda a Eternidade. 

Em função desta descrença globalizada – a palavra está na ordem do dia – o máximo que fazem é apelar para curandeiros espirituais, como fez recentemente o Sr. Lula que levou para sua casa um ocultista que teria o poder de curar e desmanchar o que está feito. É possível que existam estes senhores que invocam e trabalham com os anjos que são servos do Demônio. O Maligno, que é o pai da mentira, se disfarça em Anjo Bom e faz muitas vezes coisas boas no projeto luciferano de afastar os homens do Cristo. No final, como se sabe, vem uma cobrança como muito bem exemplificou Oscar Wilde no seu romance “O Retrato de Dorian Grey”. 

Um fato que muito me chamou a atenção foi a manifestação do câncer em vários líderes políticos nos últimos anos. Se atentarmos para a obra governamental desses presidentes observa-se que todos eles tomaram medidas e decretaram leis que vão frontalmente contra as Leis de Deus. Cito, por exemplo, a aprovação de leis que facilitam o aborto em muitas situações sendo que a Sra. Eleonora Menicucci, Secretaria da Política para Mulheres que declarou em entrevista largamente difundida pela internet que é abortista e aborteira e que gostaria de ensinar as mulheres a praticarem o aborto por sucção do feto. Amiga da Sra. Dilma Rousseff, que também já foi atacada pelo câncer. 

O Sr. Lula da Silva já tomou tantas medidas contra as leis de Deus que é cansativo enumerá-las. Foi atacado pelo câncer e está sendo tratado. O presidente do Paraguai, ex-bispo da Igreja, sedutor de duas mulheres e com filho, foi também atacado pelo câncer e luta para sobreviver. O presidente da Venezuela foi também atacado pelo câncer e luta contra este terrível mal que, como se sabe, costuma voltar. 

Muitos dirão que isto é uma coincidência ou que é a CIA dos americanos que está provocando esta onda cancerosa nestes presidentes. Na minha percepção a doença é um castigo que Deus-Yaveh está fazendo cair sobre estas cabeças coroadas. Do meu lado eu peço aos Principados, anjos poderosos da Hierarquia Divina, que eles derramem o cálice da Ira Divina sobre políticos e sobre as pessoas que vivem na prática do aborto, da corrupção, da mentira, do assassinato, do tráfico de drogas, da prostituição, na adoração do ouro e na invocação do maligno e dos seus anjos. Que essas pessoas possam pelo castigo e pela dor se voltarem para Deus-Yaveh, e, arrependidas viverem o Primeiro Mandamento, "Amar a Deus sobre todas as coisas".


 6 Comentários 

publicado por portucalia às 13:53

Junho 28 2012

UM HOMEM VALE MENOS DO QUE UM CÃO
O aborto segue sendo crime, com possibilidade de prisão (Arts. 125, 126 e 127), mas o 128 ganhou, atenção, esta redação:
Art. 128. Não há crime de aborto:
I - se houver risco à vida ou à saúde da gestante;
II - se a gravidez resulta de violação da dignidade sexual, ou do emprego não
consentido de técnica de reprodução assistida;
III - se comprovada a anencefalia ou quando o feto padecer de graves e incuráveis anomalias que inviabilizem a vida extrauterina, em ambos os casos atestado por dois médicos; ou
IV - se por vontade da gestante, até a décima segunda semana da gestação, quando o médico ou psicólogo constatar que a mulher não apresenta condições psicológicas de arcar com a maternidade.
Parágrafo único. Nos casos dos incisos II e III e da segunda parte do inciso I deste artigo, o aborto deve ser precedido de consentimento da gestante, ou, quando menor, incapaz ou impossibilitada de consentir, de seu representante legal, do cônjuge ou de seu companheiro.

A vida é um direito protegido pela Constituição. O Código Penal não pode mudar um fundamento consagrado na Carta Magna. Mais: a aprovação de um código se faz por meio de projeto de lei, que requer maioria simples, em aprovação simbólica. A Constituição só pode ser alterada por emenda, com a concordância de três quintos da Câmara e do Senado, com duas votações em cada Casa.

publicado por portucalia às 15:33

Junho 28 2012
MENSAGEM DO EVAGELHO 28.06.2012

AS AÇÔES ATESTAM AS PALAVRAS?


Evangelho (Mt 7,21-29): «Nem todo aquele que me diz: ‘Senhor! Senhor!’, entrará no Reino dos Céus, mas só aquele que põe em prática a vontade de meu Pai que está nos céus. Naquele dia, muitos vão me dizer: ‘Senhor, Senhor, não foi em teu nome que profetizamos? Não foi em teu nome que expulsamos demônios? E não foi em teu nome que fizemos muitos milagres?’ Então, eu lhes declararei: ‘Jamais vos conheci. Afastai-vos de mim, vós que praticais a iniquidade’.

»Portanto, quem ouve estas minhas palavras e as põe em prática é como um homem sensato, que construiu sua casa sobre a rocha. Caiu a chuva, vieram as enchentes, os ventos deram contra a casa, mas a casa não desabou, porque estava construída sobre a rocha. Por outro lado, quem ouve estas minhas palavras e não as põe em prática é como um homem sem juízo, que construiu sua casa sobre a areia. Caiu a chuva, vieram as enchentes, os ventos sopraram e deram contra a casa, e ela desabou, e grande foi a sua ruína!».

Quando ele terminou estas palavras, as multidões ficaram admiradas com seu ensinamento. De fato, ele as ensinava como quem tem autoridade, não como os escribas. Palavra da Salvação.


REFLEXÃO


 A nossa entrada no reino dos céus não acontece em vista de muitas palavras que dizemos, excesso de clamores que fazemos, louvores os mais altos possíveis da vida, orações recitadas e pregações bem elaboradas.

De nada adiantará para nós somente, clamar Senhor, Senhor, e não pôr em prática a vontade de Deus. As nossas ações têm mais eficácia do que as nossas palavras, se não praticamos o que dizemos tudo será igual a nada.

Para que nós possamos entrar no reino dos céus precisamos estar firmes no seguimento da vontade de Deus que se nos apresenta por meio da sua Palavra.

Jesus apresenta no Evangelho de hoje a estratégia verdadeira para que nossa ação seja dirigida. É uma grande verdade pois queremos viver a nossa fé e religião só com palavras, sem traduzir em gestos e ações concretas, o que somos e o que temos dentro de nós mesmos.

Fazer a vontade do Senhor é o princípio básico e fundamental para que nossa fé tenha a sua significação, e assim possamos relacionar o que gritamos, e o que vivemos.

Praticar o mal é não fazer conforme nos direciona a Palavra de Deus e agir conforme os nossos próprios pensamentos humanos O próprio Jesus nos mostra no Evangelho: ouvir a Palavra e praticá-la é construir na rocha.

A casa construída sobre a rocha é a vida do homem que caminha à luz da Palavra de Deus. Deus é a Rocha, Deus é o Amor e aquele que se ajusta à Sua vontade, terá uma vida firme, confiante e as tempestades, os terremotos, os ventos não o abalarão. As dificuldades da nossa vida são momentos preciosos para percebermos se estamos firmes sobre a rocha.

Por isso, as tempestades não passam, mas nós que passamos pelas tempestades. Canta-se por aí aboca miúda “A tempestade vai passar”, pois bem isso não confere com a verdade. Esta expressão nos diz de uma fé utilitarista, sentimental e romântica. Neste sentido com a nossa fé alicerçada sobre a ROCHA, nada vai fazer a gente se afastar das dificuldades, mas, teremos forças para transpor os mais sérios obstáculos da vida.

Como você está construindo a casa da sua vida: na rocha ou na areia? – Você já experimentou alguma tempestade na sua vida? Como ficou a sua casa? –- Você sente firmeza nos seus pés nas horas das dificuldades? – Você acha que a sua vida está firmada sobre a Rocha ou você é um “homem sem juízo”? – Em que a De que forma a palavra de Deus provoca a sua consciência para uma tomada de posição?


VERSOS DE HOJE – ESCOLHI A VOCAÇÃO


Caminhando pela estrada

Toma a minha decisão

Ao encontro de Jesus

Ele é minha direção

Escutando sua palavra

Eu escolhi a vocação


Caminhando pela estrada

Os problemas surgirão

E também as tempestades

Minhas forças vencerão

Minha fé é o alimento

Eu escolhi a vocação


Caminhando pela estrada

Alegrias me virão

Pois meu Deus está comigo

Me trazendo sua benção

É meu grande aliado

Eu escolhi a vocação


PENSAMENTO DO DIA


“A escolha da vocação é fruto de uma caminhada existência, na experiência profunda com Deus e a comunidade” Pe. Tula


SANTO DO DIA

Santo Irineu de Lyon

Padre da Igreja, grego de nascimento, filho de pais cristãos, nasceu na ilha de Esmirna, no ano 130. Foi discípulo de Policarpo, outro Padre e santo da Igreja. Dele Irineu pôde recolher ainda viva a tradição apostólica, pois Policarpo fora consagrado bispo pelo próprio João Evangelista, o que torna importantíssimos os seus testemunhos doutrinais.

Muito culto e letrado em várias línguas, Irineu foi ordenado por são Policarpo, que o enviou para a Gália, atual França, onde havia uma grande população de fiéis cristãos procedentes do Oriente. Lá, trabalhou ao lado de Fotino, o primeiro bispo de Lyon, que, em 175, o enviou a Roma para, junto do papa Eleutério, resolver a delicada questão doutrinal dos hereges montanistas. Esses fanáticos, vindos do Oriente, pregavam o desprezo pelas coisas do mundo, anunciando o breve retorno de Cristo para o juízo final.

Contudo tanto o papa quanto Irineu foram tomados pela surpresa da bárbara perseguição decretada pelo imperador Marco Aurélio. Rapidamente, em 177, ela atingiu a cidade de Lyon, ocasionando o grande massacre dos cristãos, todos mortos pelo testemunho da fé.

Um ano depois, Irineu retornou a Lyon, onde foi eleito e aclamado sucessor do bispo mártir, Fotino. Nesse cargo ele permaneceu vinte e cinco anos. Ocupou-se da evangelização e combateu, principalmente, a heresia dos gnósticos, além das outras que proliferavam nesses primeiros tempos. Obteve êxito, junto ao papa Vitor I, na questão da comemoração da festa da Páscoa, quando lhe pediu que atuasse com moderação para manter a união entre a Igreja do Ocidente e a do Oriente.

A sua obra escrita mais importante foi o tratado "Contra as heresias", onde trata da falsa gnose, e depois, de todas as outras heresias da época. O texto grego foi perdido, mas existem as traduções latina, armênia e siríaca.

Importante não só do lado teológico, onde expôs já pronta a teoria sobre a autoridade doutrinal da Igreja, mas ainda do lado histórico, pois documentou e nos apresentou um quadro vivo das batalhas e lutas de então.

Mais tarde, um outro tratado, chamado "Demonstração da pregação apostólica", foi encontrado inteiro, numa tradução armênia. Além de vários fragmentos de outras obras, cartas, discursos e pequenos tratados.

Irineu morreu como mártir no dia 28 de junho de 202, em Lyon, e sua festa litúrgica ocorre nesta data. As relíquias de santo Irineu estão sepultadas, junto com os mártires da Igreja de Lyon, na catedral desta cidade.
publicado por portucalia às 15:22

Junho 27 2012

Mulheres que comem muita proteína e pouco carboidrato, como aconselham algumas dietas famosas, entre elas a do Dr. Atkins (as dietas mais conhecidas do mundo), têm maiores riscos de sofrer uma doença cardiovascular. É o que concluiu um estudo feito na Suécia por uma equipe internacional de pesquisadores e publicado nesta terça-feira na revista British Medical Journal (BMJ).

 

CONHEÇA A PESQUISA

Título original: Low carbohydrate-high protein diet and incidence of cardiovascular diseases in Swedish women: prospective cohort study

Onde foi divulgada: revista British Medical Journal (BMJ)

Quem fez: Pagona Lagiou, Sven Sandin, Marie Lof, Dimitrios Trichopoulos, Hans-Olov Adami e Elisabete Weiderpass

Instituição: Universidade de Harvard, EUA; Instituto Karolinska, Suécia, e outros

Dados de amostragem: 43.396 mulheres de 30 a 49 anos

Resultado: Uma dieta rica em carboidratos e com pouca proteína pode elevar em até 60% o risco de um evento cardiovascular entre mulheres, e aumentar em 28% o número de casos de doenças cardiovasculares

O estudo acompanhou, durante 15 anos, aproximadamente 44.000 mulheres suecas com idades entre 30 e 49 anos. Ao longo desse período, as participantes responderam a questionários sobre hábitos alimentares e estilo de vida, e os pesquisadores mediram a quantidade de carboidratos e proteínas consumidos por elas. Ao final do trabalho, foram registrados 1.270 eventos cardiovasculares.

Leia também: Médico esclarece dúvidas sobre obesidade e dietas

Consumo de proteínas deve ser avaliado ao lado do IMC e do peso

Os resultados indicaram que, comparadas às mulheres que consumiam mais carboidratos, aquelas que comiam menos carboidratos e mais proteína apresentaram um risco até 60% maior de sofrer um evento cardiovascular. Esse risco pode ser menor dependendo da alimentação de cada uma.

Em termos absolutos, a pesquisa mostrou que alimentação baseada em proteínas acrescentou cinco casos de problemas cardiovasculares por 10.000 mulheres. Os autores do estudo explicam que, embora em números absolutos esse aumento pareça pequeno, ele é preocupante, pois esse tipo de dieta é seguido por grande parte das mulheres jovens.

Prejuízos são maiores — Segundo os pesquisadores, no entanto, os resultados não anulam o fato de que esse tipo de alimentação tem benefícios a curto prazo, especialmente em relação ao controle do peso e à resistência à insulina. Ainda assim, pesquisadores avaliam que os benefícios a curto prazo não compensam os prejuízos à saúde cardiovascular.

publicado por portucalia às 23:14

Junho 27 2012

Quarta-feira, dia 27 de Junho de 2012

Quarta-feira da 12ª semana do Tempo Comum


Santo do dia : Nossa Senhora do Perpétuo Socorro,  S. Cirilo de Alexandria, bispo, Doutor da Igreja, +444 

Ver comentário em baixo, ou carregando aqui 
Santo Agostinho : «Pelos seus frutos os conhecereis» 

Evangelho segundo S. Mateus 7,15-20.

Naquele tempo, disse Jesus  aos seus discípulos: «Acautelai-vos dos falsos profetas, que se vos apresentam disfarçados de ovelhas, mas por dentro são lobos vorazes. 
Pelos seus frutos, os conhecereis. Porventura podem colher-se uvas dos espinheiros ou figos dos abrolhos? 
Toda a árvore boa dá bons frutos e toda a árvore má dá maus frutos. 
A árvore boa não pode dar maus frutos nem a árvore má, dar bons frutos. 
Toda a árvore que não dá bons frutos é cortada e lançada ao fogo. 
Pelos frutos, pois, os conhecereis.» 



Da Bíblia Sagrada - Edição dos Franciscanos Capuchinhos - www.capuchinhos.org 



Comentário ao Evangelho do dia feito por : 

Santo Agostinho (354-430), bispo de Hipona (Norte de África) e doutor da Igreja 
Explicação do Sermão da Montanha, c. 24, §§ 80-81 

«Pelos seus frutos os conhecereis»

Perguntamo-nos quais os frutos para os quais o Senhor quer chamar a nossa atenção para reconhecermos a árvore. Alguns consideram como frutos a roupagem das ovelhas e assim os lobos podem enganá-los. Quero referir-me a jejuns, orações, esmolas e todas as obras que podem ser feitas por hipócritas. Caso contrário, Jesus não teria dito: «Guardai-vos de fazer as vossas obras diante dos homens, para vos tornardes notados por eles» (Mt 6,1). [...] Muitos dão aos pobres por ostentação e não por generosidade; muitos que rezam, ou melhor, que parecem rezar, não procuram Deus, mas sim a estima dos homens; muitos jejuam e exibem austeridade notável para atrair a admiração dos que vêem a sua conduta. Todas essas obras são enganos. [...] O Senhor conclui que esses frutos não são suficientes para julgar a árvore. As mesmas acções feitas com uma intenção recta e verdadeira são a roupagem das autênticas ovelhas. [...]


O apóstolo Paulo diz-nos quais os frutos pelos quais reconheceremos a árvore ruim: «É fácil reconhecer as obras da carne: fornicação, impureza, libertinagem, idolatria, feitiçaria, inimizades, contendas, ciúmes, iras, discórdias, sectarismos, rivalidades, embriaguez, orgias e coisas semelhantes» (Gal 5,19-20). O mesmo apóstolo nos diz a seguir quais os frutos para reconhecer uma boa árvore: «Mas os frutos do Espírito são: amor, alegria, paz, paciência, benignidade, bondade, fidelidade, mansidão e autocontrolo» (v. 22-23).


É preciso saber que a palavra «alegria» é usada aqui no seu sentido literal; os homens maus em sentido literal ignoram a alegria, mas conhecem o prazer. [...] Este é o sentido próprio desta palavra que só os bons conhecem; «não há alegria para os ímpios, diz o Senhor» (Is. 48,22). Acontece o mesmo com a fé verdadeira. As virtudes enumeradas podem ser fingidas por maus e impostores, mas não enganam o olho puro e simples capaz de discernimento.

publicado por portucalia às 23:05

PORTUCÁLIA é um blog que demonstra para os nossos irmãos portugueses como o governo brasileiro é corrupto. Não se iludam com o sr. Lula.Textos literários e até poesia serão buscados em vários autores.
mais sobre mim
Junho 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9


19
22



pesquisar
 
subscrever feeds
blogs SAPO