PORTUCÁLIA

Março 19 2012
publicado por portucalia às 18:10

Março 19 2012

Rank Title Year Director Country of Production

 

 

  • 1. The General 1926 Buster Keaton and Clyde Bruckman USA
  •  2. Metropolis 1927 Fritz Lang Germany
  • 3. Sunrise 1927 F.W. Murnau USA
  • 4. City Lights 1931 Charles Chaplin USA
  • 5. Nosferatu 1922 F.W. Murnau Germany
  • 6. The Gold Rush 1925 Charles Chaplin USA
  • 7. La passion et la mort de Jeanne d’Arc [The Passion of Joan of Arc] 1928 Carl Theodor Dreyer France
  • 8. Das Cabinet des Dr. Caligari [The Cabinet of Dr. Caligari] 1920 Robert Wiene Germany
  • 9. Bronenosets ‘Potyomkin’ [The Battleship Potemkin] 1925 Sergei M. Eisenstein USSR
  • 10. Greed 1924 Erich von Stroheim USA
  • 11. Die Büchse der Pandora [Pandora’s Box] 1929 G.W. Pabst Germany
  • 12. The Crowd 1928 King Vidor USA
  • 13. The Wind 1928 Victor Sjöström USA
  • 14. Napoléon 1927 Abel Gance France
  • 15. The Birth of a Nation 1915 D.W. Griffith USA
  • 16. Intolerance 1916 D.W. Griffith USA
  • 17. Sherlock, Jr. 1924 Buster Keaton USA
  • 18. The Big Parade 1925 King Vidor USA
  • 19. Safety Last 1923 Fred Newmeyer and Sam Taylor USA
  • 20. The Phantom of the Opera 1925 Rupert Julian USA
  • 21. Broken Blossoms 1919 D.W. Griffith USA
  • 22. Der letzte Mann [The Last Laugh] 1924 F.W. Murnau Germany
  • 23. The Kid 1921 Charles Chaplin USA
  • 24. Steamboat Bill, Jr. 1928 Charles F. Reisner USA
  • 25. Ben-Hur: A Tale of the Christ 1925 Fred Niblo USA
  • 26. The Thief of Bagdad 1924 Raoul Walsh USA
  • 27. Flesh and the Devil 1927 Clarence Brown USA
  • 28. Our Hospitality 1923 Buster Keaton and John G. Blystone USA
  • 29. Wings 1927 William A. Wellman USA
  • 30. Chelovek s kinoapparatom [Man With the Movie Camera] 1929 Dziga Vertov USSR
  • 31. Nanook of the North 1922 Robert J. Flaherty USA
  • 32. Faust 1926 F.W. Murnau Germany
  • 33. Way Down East 1920

                                               Dos 33 filmes relacionados pelo rank  eu tive o privilégio de assistir 8 filmes e entre os 8 classifico como os melhores o Napoleão de Gance, Metrópolis e o  Kid de Chaplin.  Gance inovou o cinema a usar duas câmeras para filmar e as cenas da Assembléia Francesa quando divulgado a Marselhesa é notável tendo à frente o personagem de Danton comandando o canto daquele povo em revolta. Por isto prefiro este filme aos demais que são também notáveis.  É desejável que as locadora alugassem também os grandes filmes da época do cinema  mudo para que fosse melhorada a educação estética deste povo que todo dia só asiste filmes made em Hollywood  com o trio drogas, crime e sexo.

publicado por portucalia às 17:36

Março 19 2012

O presidente do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), Luis Alberto Moreno, anunciou que a instituição está criando um fundo de equity, em parceria com o Export/Import Bank of China, no valor US$ 1 bilhão para promoção do desenvolvimento econômico da América Latina. O BID irá fornecer um empréstimo de US$ 150 milhões para o novo fundo, enquanto o Eximbank chinês contribuirá com a mesma quantia de investimentos. O restante será levantado por meio de captações desse fundo no mercado de capitais. Segundo Moreno, o fundo deverá entrar em Operação ainda neste ano. A proposta surgiu de uma carta de intenção assinada entre o BID e o Eximbank chinês na reunião anual do BID em 2011, quando as duas instituições anunciaram disposição em estabelecer um mecanismo de financiamento para projetos do setor público e privado em 26 países membros elegíveis para empréstimos do BID.

publicado por portucalia às 16:59

Março 19 2012

Jornal de Angola Online Segunda, 19 de Março 2012 16:41 Director: José Ribeiro Director Adjunto: Filomeno Manaças Pesquisa Avançada Início Política Regiões Mundo Economia Reportagem Sociedade Cultura Desporto Opinião Gente A Palavra do Director Citações Cartas do Leitor Colunas Artigos InícioOpiniãoCrónicas à Média Luz Crónicas à Média Luz Artur Queiroz | O Natal do imperador 25 de Dezembro, 2011 As águas de Novembro chegaram cedo e com elas a flor da acácia, rubra como aqueles dias de força indómita, a fortaleza de quem desenhou em África o mapa da liberdade. Os dias nasciam límpidos e nos quintais ninguém fazia caixotes gigantes para exportar os restos de um império em ruínas. Falávamos baixinho para não acordar os mortos nas trincheiras e na berma de todas as estradas de Angola. O mundo tocava sinos e havia suspiros de boa vontade nas ruas e praças das grandes capitais donde vieram matadores disfarçados de reis magos. A liberdade no beco vale menos do que na grande avenida. E quem é livre em Angola, só existe nos corações despedaçados dos que sofreram a guerra até à última gota de sangue. Naquele ano de 1975 ninguém se lembrou do Natal. Não por falta de respeito aos crentes. Muito menos para estragar a festa da família. Nesse ano ninguém entoou cânticos à renovação da vida, nenhuma voz cantou aquela roça grande, onde o suor do rosto dos contratados regava as plantações de café robusta, nas terras do Cazengo ou Ambriz. Estávamos em silêncio na ânsia de perceber como nasce um país livre, das cinzas, das ruínas, do luto. Luanda estranhava a falta dos seus vadios, dos seus artistas, dos que a viviam desde o sol aberto, da luz crua, à brisa suave da madrugada. Luanda não era invadida pelo exército de trabalhadores que moviam as engrenagens de produção de uma riqueza que se identifica por cifrões. Muitos partiram para outras paragens, outros para sempre e outros ainda estavam perdidos, mesmo às portas do paraíso anunciado. Os músicos guardaram os instrumentos para que não se gastassem antes da festa. Os cantores recolheram a voz, para cantarem mais forte do que a força do vento durante uma tempestade na serra do Lépi. Os pintores desarmaram as telas e ficaram a ruminar tristezas líquidas. Ninguém quis guardar para a posteridade uma cidade abandonada, precisamente quando ela mais precisava de um abraço terno. Havia medo nas ruas e o silê ncio nem sequer era perturbado pelo timbombar dos canhões que ainda hoje soam no peito dos sobreviventes e alimentam a vida dos resistentes, apesar dos pequenos mundos que se desmoronam fragorosamente à sua volta. Era Natal e o meu compadre Tarique entrou na redacção do “Diário de Luanda” para me convocar para uma ceia especial, que metia peixe imperador e um vinho acabado de chegar a Luanda na bagagem de um anjo salvador. Naquele tempo, quando havia peixe, era “espada” ou tubarão miúdo, apanhado à falsa fé no corredor do Mussulo. A ideia de comer um imperador animava um moribundo, quanto mais um repórter em vias de extinção. No Baleizão, lá ao fundo do corredor, na sala onde o Tarique recebia os amigos de coração aberto e mãos largas, já estava o comandante Eurico, o Estanqueiro, o Lito, o Colaço e o Armindo Alves de Oliveira, mais conhecido por Espinha. Na mesa havia copos vazios e pratos fumegando uma caldeirada aguada. Era a nossa ceia de Natal, com o esplendor de um vinho que afinal não chegou e a majestade de um peixe-espada esquálido, comum, desafiando fomes ancestrais. Aquele peixe imperador devia fazer parte de todos os banquetes nacionais e ter um lugar de honra nas cozinhas angolanas, quando o Natal aparecer de surpresa.

publicado por portucalia às 15:42

Março 19 2012

Internado no Hospital Samaritano, no Rio de Janeiro, desde a noite de domingo, o presidente de honra da Fifa, João Havelange, está recebendo tratamento com antibiótico na veia sob orientação de seu médico pessoal, João Mansur. O dirigente de 95 anos deu entrada com uma infecção, mas os detalhes sobre sua saúde só serão revelados em um boletim médico às 12h (de Brasília). De acordo com o hospital, localizado em Botafogo (Zona Sul do Rio), Havelange está na unidade coronariana, mas isso não significa que o problema seja no coração do ex-presidente da Fifa e da antiga CBD (Confederação Brasileira de Desporto). Em maio de 2010, o dirigente foi internado no mesmo Samaritano com uma infecção na face.

publicado por portucalia às 14:51

Março 19 2012
TAM

Os acionistas controladores da chilena LAN Airlines e da brasileira TAM estabeleceram 12 de maio como a data para completar a fusão das duas companhias, reportou o El Diário Financeiro, citando fontes.

A companhia resultante da fusão, que será chamada de LATAM Airlines, será a maior da América Latina e um das dez maiores do mundo em termos de receita.

É uma otima notícia para quem viaja e que está limitado às duas companhias aéreas do Brasil que não atendem à demanda.

publicado por portucalia às 14:32

Março 19 2012

 

são josé

Segunda-feira, dia 19 de Março de 2012

S. JOSÉ, esposo da Virgem Santa Maria, padroeiro da Igreja universal - solenidade


Festa da Igreja : S. José, esposo da Virgem Maria, Solenidade (ofício próprio)
Calendário da Igreja disponível este dia
Ver comentário em baixo, ou carregando aqui
São Claude la Colombière : «Não temas receber Maria, tua esposa»

Evangelho segundo S. Mateus 1,16.18-21.24a.

Jacob gerou José, esposo de Maria, da qual nasceu Jesus, chamado Cristo.
Ora, o nascimento de Jesus Cristo foi assim: Maria, sua mãe, estava desposada com José; antes de coabitarem, notou-se que tinha concebido pelo poder do Espírito Santo.
José, seu esposo, que era um homem justo e não queria difamá-la, resolveu deixá-la secretamente.
Andando ele a pensar nisto, eis que o anjo do Senhor lhe apareceu em sonhos e lhe disse: «José, filho de David, não temas receber Maria, tua esposa, pois o que ela concebeu é obra do Espírito Santo.
Ela dará à luz um filho, ao qual darás o nome de Jesus, porque Ele salvará o povo dos seus pecados.»
Despertando do sono, José fez como lhe ordenou o anjo do Senhor, e recebeu sua esposa.



Da Bíblia Sagrada - Edição dos Franciscanos Capuchinhos - www.capuchinhos.org



Comentário ao Evangelho do dia feito por :

São Claude la Colombière (1641-1682), jesuíta
1º Panegírico de São José

«Não temas receber Maria, tua esposa»

Sabemos muito pouco da vida de S. José. O Evangelho não relata mais do que dois ou três factos; e um autor antigo observou que não se encontra nele nenhuma palavra sua. Talvez que [...] o Espírito Santo quisesse com isso assinalar o silêncio e a humildade de São José, o seu amor pela solidão e a vida escondida. Seja como for, perdemos muito com isso. Se o Senhor tivesse permitido que soubéssemos detalhes da vida deste grande santo, com certeza que se teriam encontrado belos exemplos, belas regras, sobretudo para quem vive no estado de casado. [...]
Toda a vida de São José se pode dividir em duas partes: a primeira é a que precedeu o seu casamento; a segunda é a que se lhe segue. Não sabemos absolutamente nada da primeira e da segunda sabemos muito pouco. Afirmo no entanto que ambas foram muito santas: a primeira porque foi coroada por casamento tão vantajoso; a segunda foi ainda mais santa porque toda ela se passou neste casamento. [...]

Que proveito deve São José ter tirado dos muitos anos de diálogo que manteve quase continuamente com a Santa Virgem! [...] Não tenho qualquer dúvida de que o próprio silêncio de Maria foi extremamente edificante e de que só olhar para ela era suficiente para ele se sentir levado a amar Deus e a desprezar tudo o resto. Mas quais não seriam os discursos de uma alma onde o Santo Espírito habitava, onde Deus tinha derramado uma plenitude de graças, que Lhe tinha mais amor que todos os serafins juntos! Que fogo não sairia desta boca quando ela se abria para exprimir os sentimentos do seu coração! Que frialdades, que gelos este fogo não teria dissipado! E que efeito não teria ele tido em José, que já tinha uma tão grande disposição a ser inflamado! [...] Este grande fogo, capaz de abrasar toda a terra, teve só o coração de José para acalorar e consumir durante muitos anos. [...] Se Ela acreditou que o coração de São José era uma parte do seu, que cuidados não terá tido em o inflamar do amor de Deus!

publicado por portucalia às 14:08

PORTUCÁLIA é um blog que demonstra para os nossos irmãos portugueses como o governo brasileiro é corrupto. Não se iludam com o sr. Lula.Textos literários e até poesia serão buscados em vários autores.
mais sobre mim
Março 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9



25
31


pesquisar
 
subscrever feeds
blogs SAPO