PORTUCÁLIA

Novembro 23 2012

O ministro, HOJE presidente do Supremo Tribunal Federaql,  incorre em dois erros graves — e ambos teriam uma marca racial de cor de pele fosse raça. Quer dizer, então, ministro Barbosa, que todos os jornalistas brancos foram “igualmente educados e comandados” para ter uma determinada reação? Quer dizer, então, ministro, que cor de pele, agora, é destino e determina o pensamento? Quer dizer, ministro, que os brancos, nesse particular, não têm divergências?

Da mesma sorte, Vossa Excelência está a dizer que os negros todos hão de ter uma pauta e pensar em bloco porque, afinal, negros? O que o senhor censurou exatamente no repórter Luiz Fara Monteiro? Não ter feito uma pergunta “digna de um preto”?

Diga-me cá, ministro Barbosa: Vossa Excelência acredita que um preto deva entrevistar outro como preto? O mesmo deve valer para os brancos? No caso de uns e outros entrevistarem os que não são da sua cor, deve-se fazer entrevista ou dar início a uma guerra racial, ministro?

É provável que o repórter da Record tivesse em mente o temperamento algo abespinhado de Vossa Excelência — que, mais uma vez, se evidenciou nesse episódio lastimável. Será preciso lembrar aqui as muitas vezes em que o ministro ultrapassou a linha, o que o obrigou até a se desculpar com colegas?

Ora, ministro Joaquim Barbosa! Seu antípoda no julgamento, Ricardo Lewandowski, apanhou bastante de alguns jornalistas — neste blog, então, nem se fale… Terá sido porque é branco, porque se chama Lewandowski, porque é católico, porque morou em são Bernardo, porque…?

Noto, ademais, que o ministro falou ao repórter de “negro pra negro”, apartando-se dos brancos e censurando o seu “brother” porque não estaria apartado o bastante. O que ele pretende? Que Luiz Fara Monteiro seja primeiro negro e depois repórter? De Barbosa, espero que seja primeiro juiz e depois negro. Até porque, que eu saiba, suas decisões também afetam a vida dos brancos, dos mestiços, dos amarelos, dos vermelhos…

Barbosa deveria se desculpar com os jornalistas brancos. Barbosa deveria se desculpar com o jornalista negro. Ele preside o Supremo Tribunal Federal. Não é juiz de um tribunal racial.

Lamento muito ter de escrever isso. Mas lamento muito mais o que me levou a escrever isso.

publicado por portucalia às 12:47

PORTUCÁLIA é um blog que demonstra para os nossos irmãos portugueses como o governo brasileiro é corrupto. Não se iludam com o sr. Lula.Textos literários e até poesia serão buscados em vários autores.
mais sobre mim
Novembro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

13


27


pesquisar
 
blogs SAPO