PORTUCÁLIA

Outubro 14 2012

Domingo, dia 14 de Outubro de 2012

28º Domingo do Tempo Comum - Ano B


Festa da Igreja : Vigésimo Oitavo Domingo do Tempo Comum (semana IV do saltério)
Santo do dia : São Calisto I, papa, mártir, +222,  S. João Ogilvie, presbítero, mártir, +1615 

Ver comentário em baixo, ou carregando aqui 
Beato John Henry Newman : «Fitando nele o olhar, sentiu afeição por ele» 

Livro de Sabedoria 7,7-11.

Orei e foi-me dada a prudência; supliquei, e veio a mim o espírito de sabedoria. 
Preferi-a aos ceptros e aos tronos, e, em comparação com ela, vi que não eram nada as riquezas. 
Nem sequer a comparei às pedras preciosas, pois o ouro todo, diante dela, é um pouco de areia, e a prata, perante ela, será como lodo. 
Amei-a mais que a saúde e a beleza, e antes a quis ter a ela que a luz, pois a sua claridade jamais tem ocaso. 
Com ela me vieram todos os bens, e nas suas mãos está uma riqueza incalculável. 


Carta aos Hebreus 4,12-13.

A palavra de Deus é viva, eficaz e mais afiada que uma espada de dois gumes; penetra até à divisão da alma e do corpo, das articulações e das medulas, e discerne os sentimentos e intenções do coração. 
Não há nenhuma criatura oculta diante dele, mas todas as coisas estão a nu e a descoberto aos olhos daquele a quem devemos prestar contas. 


Evangelho segundo S. Marcos 10,17-30.

Naquele tempo, ia Jesus pôr-se a caminho, quando um homem correu para Ele e ajoelhou-se, perguntando: «Bom Mestre, que devo fazer para alcançar a vida eterna?» 
Jesus disse: «Porque me chamas bom? Ninguém é bom senão um só: Deus. 
Sabes os mandamentos: Não mates, não cometas adultério, não roubes, não levantes falso testemunho, não defraudes, honra teu pai e tua mãe.» 
Ele respondeu: «Mestre, tenho cumprido tudo isso desde a minha juventude.» 
Jesus, fitando nele o olhar, sentiu afeição por ele e disse: «Falta-te apenas uma coisa: vai, vende tudo o que tens, dá o dinheiro aos pobres e terás um tesouro no Céu; depois, vem e segue-me.» 
Mas, ao ouvir tais palavras, ficou de semblante anuviado e retirou-se pesaroso, pois tinha muitos bens. 
Olhando em volta, Jesus disse aos discípulos: «Quão difícil é entrarem no Reino de Deus os que têm riquezas!» 


Os discípulos ficaram espantados com as suas palavras. Mas Jesus prosseguiu: «Filhos, como é difícil entrar no Reino de Deus! 
É mais fácil passar um camelo pelo fundo de uma agulha, do que um rico entrar no Reino de Deus.» 
Eles admiraram-se ainda mais e diziam uns aos outros: «Quem pode, então, salvar-se?»
Fitando neles o olhar, Jesus disse-lhes: «Aos homens é impossível, mas a Deus não; pois a Deus tudo é possível.» 
Pedro começou a dizer-lhe: «Aqui estamos nós que deixámos tudo e te seguimos.» 
Jesus respondeu: «Em verdade vos digo: quem deixar casa, irmãos, irmãs, mãe, pai, filhos ou campos por minha causa e por causa do Evangelho, 
receberá cem vezes mais agora, no tempo presente, em casas, e irmãos, e irmãs, e mães, e filhos, e campos, juntamente com perseguições, e, no tempo futuro, a vida eterna. 



Da Bíblia Sagrada - Edição dos Franciscanos Capuchinhos - www.capuchinhos.org 



Comentário ao Evangelho do dia feito por : 

Beato John Henry Newman (1801-1890), presbítero, fundador do Oratório em Inglaterra 
Sermão «Uma providência particular revelada no Evangelho» 

«Fitando nele o olhar, sentiu afeição por ele»

Deus olha para ti, sejas quem fores. E «chama-te pelo teu nome» (Jo 10,3). Ele, que te fez, vê-te e compreende-te. Ele conhece tudo o que há em ti: todos os teus sentimentos, os teus pensamentos, as tuas inclinações, os teus gostos, a tua força e a tua fraqueza. [...] E não é apenas porque fazes parte da Sua criação, e porque Ele também cuida dos passarinhos (Mt 10,29) [...]; é que tu és um homem recuperado e santificado, és Seu filho adoptivo, que recebe parte daquela glória e daquela bênção que fluem eternamente d'Ele sobre o Seu Filho único. 


Foste escolhido para ser Seu. [...] És um daqueles por quem Cristo ofereceu ao Pai a Sua última oração e nela colocou o selo do Seu sangue precioso. Que pensamento este, quase grande demais para a nossa fé! Quando reflectimos sobre ele, temos dificuldade em não reagir como Sara, que se riu com incredulidade (Gn 18,12). «Que é o homem», que somos nós, que sou eu, para que o Filho de Deus «cuide de mim?» (Sl 8,5) Que sou eu, [...] para que Ele me tenha feito de novo [...], e para que tenha feito do meu coração a Sua morada?

publicado por portucalia às 16:59

PORTUCÁLIA é um blog que demonstra para os nossos irmãos portugueses como o governo brasileiro é corrupto. Não se iludam com o sr. Lula.Textos literários e até poesia serão buscados em vários autores.
mais sobre mim
Outubro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9


21



pesquisar
 
blogs SAPO