PORTUCÁLIA

Agosto 17 2012

Sexta-feira, dia 17 de Agosto de 2012

Sexta-feira da 19ª semana do Tempo Comum


Santo do dia : S. Jacinto, presbítero, apóstolo da Polónia, +1257 

Ver comentário em baixo, ou carregando aqui 
Missal Romano: «Serão os dois uma só carne. Grande é este mistério; e eu interpreto-o em relação a Cristo e à Igreja» (Ef 5, 31-32) 

Livro de Ezequiel 16,1-15.60.63.

O Senhor dirigiu-me a palavra, dizendo:
"Filho de homem, dá a conhecer a Jerusalém as suas abominações e diz: 
Assim fala o Senhor DEUS a Jerusalém: Pelas tuas origens e pelo teu nascimento, és da terra do cananeu. O teu pai era amorreu e a tua mãe hitita. 
No dia em que nasceste, não te cortaram o cordão umbilical, não foste lavada em água para seres purificada, não te friccionaram com sal nem te envolveram em faixas. 
Nenhum olhar teve piedade de ti, para te fazer uma só destas coisas, por compaixão por ti; mas deitaram-te em campo aberto, por repugnância de ti, no dia em que nasceste." 
"Passei, então, junto de ti e vi que te agitavas em teu sangue. E disse-te: 'Vive em teu sangue.' 
Fiz-te crescer como a erva dos campos; e ficaste grande; e cresceste, adquiriste uma beleza perfeita; os teus seios formaram-se e chegaste à puberdade; mas tu estavas nua, completamente nua. 
Então, passei de novo perto de ti e vi-te; e eis que o teu tempo era o tempo dos amores. Estendi sobre ti a ponta do meu manto e cobri a tua nudez. Fiz, então, um juramento e estabeleci contigo uma aliança - oráculo do Senhor DEUS. E ficaste a ser minha. 
Banhei-te em água, lavei o sangue que te cobria e ungi-te com azeite. 
Vesti-te com vestes bordadas, calcei-te sandálias de cabedal fino, cingi-te a cabeça com um véu de linho e cobri-te de seda. 
Ornei-te de jóias, pus-te braceletes nos pulsos e um colar ao pescoço. 
Coloquei-te um anel no nariz, brincos nas orelhas e uma coroa de ouro na cabeça. 
Ficaste, assim, ornada de ouro e prata; o teu vestido era de linho fino, de seda e recamado de bordados. Como alimento, tinhas a flor de farinha, o mel e o azeite. Tornaste-te extraordinariamente bela e chegaste à dignidade real. 
O teu nome espalhou-se entre as nações, graças à tua beleza; porque ela era perfeita, por causa do esplendor de que Eu te havia adornado" - oráculo do Senhor DEUS. 
"Mas tu confiaste na tua beleza; serviste-te da tua fama para te prostituíres com os que passavam. 
Eu, pelo contrário, lembrar-me-ei da aliança que fiz contigo, no tempo da tua juventude e estabelecerei contigo uma aliança eterna. 
a fim de que te lembres de mim e sintas vergonha, e não abras mais a boca no meio da tua confusão, quando Eu te perdoar tudo o que fizeste" - oráculo do Senhor DEUS. 


Evangelho segundo S. Mateus 19,3-12.

Naquele tempo, aproximaram-se de Jesus alguns fariseus para O porem à prova e disseram-Lhe: «É permitido a um homem divorciar-se da sua mulher por qualquer motivo?» 
Ele respondeu: «Não lestes que o Criador, desde o princípio, fê-los homem e mulher, 
e disse: Por isso, o homem deixará o pai e a mãe e se unirá à sua mulher, e serão os dois um só? 
Portanto, já não são dois, mas um só. Pois bem, o que Deus uniu não o separe o homem.» 
Eles, porém, objectaram: «Então, porque é que Moisés preceituou dar-lhe carta de divórcio, ao repudiá-la?» 
Respondeu Jesus: «Por causa da dureza do vosso coração, Moisés permitiu que repudiásseis as vossas mulheres; mas, ao princípio, não foi assim. 
Ora Eu digo-vos: Se alguém se divorciar da sua mulher excepto em caso de união ilegal e casar com outra, comete adultério.» 
Os discípulos disseram-lhe: «Se é essa a situação do homem perante a mulher, não é conveniente casar-se!» 
Respondeu-lhes Jesus: «Nem todos compreendem esta linguagem, mas apenas aqueles a quem isso é dado. 
Há eunucos que nasceram assim do seio materno, há os que se tornaram eunucos pela interferência dos homens e há aqueles que se fizeram eunucos a si mesmos, por amor do Reino do Céu. Quem puder compreender, compreenda.» 



Da Bíblia Sagrada - Edição dos Franciscanos Capuchinhos - www.capuchinhos.org 



Comentário ao Evangelho do dia feito por : 

Missal Romano 
Ritual do matrimónio: Prefácio eucarístico 

«Serão os dois uma só carne. Grande é este mistério; e eu interpreto-o em relação a Cristo e à Igreja» (Ef 5, 31-32)

Senhor, Pai Santo, Deus eterno e omnipotente, é verdadeiramente nosso dever, é nossa salvação dar-Vos graças sempre e em toda a parte, por Cristo, Nosso Senhor.


Na Vossa bondade, criastes o género humano, e o elevastes a tão grande dignidade, que na união nupcial do homem e da mulher imprimistes a imagem viva do Vosso amor. Por amor lhe destes a existência, e o chamais incessantemente à lei do amor, para que se torne participante do Vosso amor eterno e, neste mistério admirável, o sacramento que consagra o amor humano seja sinal e penhor do Vosso amor divino.


Por isso, com os anjos e todos os santos, proclamamos a Vossa glória, cantando numa só voz: Santo, Santo, Santo...

publicado por portucalia às 16:37

PORTUCÁLIA é um blog que demonstra para os nossos irmãos portugueses como o governo brasileiro é corrupto. Não se iludam com o sr. Lula.Textos literários e até poesia serão buscados em vários autores.
mais sobre mim
Agosto 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9

13
15

19
20
22
23

26
27


pesquisar
 
blogs SAPO