PORTUCÁLIA

Junho 12 2012

 

 

 

 

 

 

Fundada em 1118 em Jerusalém por nove cavaleiros franceses na cabeça de quem era o Champagne Hugues de Payens, a Ordem Militar dos Templários foi formada, com os Hospitaleiros de São João, o exército dos Estados Latino do Oriente. Primeiro chamado de "Pobres Cavaleiros de Cristo", os monges guerreiros novos tomou seu nome dos Templários quando Balduíno II, rei de Jerusalém, foi instalado no antigo templo de Salomão. Em 1128, São Bernardo aprovou a fundação da ordem pelo Conselho de Troyes e impôs a regra de Cister.

Os cavaleiros, todos os nobres, pronunciou os votos de pobreza, castidade e obediência, abaixo deles, sargentos e escudeiros poderiam ser plebeus. Em 1188, foi instalado no topo da hierarquia de um eleito grão-mestre, assistida pelo Senescal e marechal da Ordem, mas o poder real estava nas capítulos. Os templários foram reconhecidos por suas capas de lã branca adornada com uma cruz vermelha. Com os Hospitalários, que estavam lutando contra os infiéis, eles construíram fortalezas, protegiam os peregrinos que iam a Jerusalém nos lugares santos.  Eles acabaram desempenhando um papel significativo do ponto de vista  financeiro. A exploração de suas propriedades, doações, a confiança dos proprietários que utilizam os seus edifícios como abrigo inviolável de seus tesouros, seu crédito em todo o mundo que forneceram um poder financeiro internacional.

Após a que3da  de Jerusalém em 1291, a utilidade militar da Ordem desapareceu e muitos críticos, suprimido, até agora, foram ouvidas. O mistério das cerimônias do templo preocupava o clero da Igreja. . Cavaleiros foram acusados ​​de impiedade, a embriaguez, libertinagem. Instituições que havia fundado na França foram particularmente próspera.Impulsionada por seu assessor, Nogaret, rei Felipe da Feira decidiu cortar a energia do Templo, ao mesmo tempo colocando a mão sobre seus tesouros. 13 outubro de 1307, ele prendeu o Grão-Mestre Jacques de Molay e sessenta cavaleiros sob a acusação de heresia, idolatria, sodomia. Torturado, eles confessaram crimes que provavelmente não tinha cometido. Papa Clemente V, instado pelo rei, finalmente, após anos de hesitação, por dissolução da Ordem 03 de abril de 1312. Enquanto isso, os templários que tinham retraídos suas confissões, foram queimados vivos em  maio 1310. Jacques de Molay sofreu o mesmo destino 19 de março de 1314.

publicado por portucalia às 22:19

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



PORTUCÁLIA é um blog que demonstra para os nossos irmãos portugueses como o governo brasileiro é corrupto. Não se iludam com o sr. Lula.Textos literários e até poesia serão buscados em vários autores.
mais sobre mim
Junho 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9


19
22



pesquisar
 
subscrever feeds
blogs SAPO